Trio assalta mansão no Mangabeiras e é preso em flagrante no Barreiro

Em uma casa que, segundo a PM, era usada como esconderijo dos suspeitos foram encontradas dezenas de produtos roubados, além de drogas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 02/02/2012 00:06 / atualizado em 02/02/2012 07:16

Daniel Silveira

Um assalto a uma mansão do Bairro Mangabeiras, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, terminou com três pessoas presas, armas e drogas apreendidas no fim da noite desta quarta-feira na Região do Barreiro. Em uma casa do Bairro Flávio Marques Lisboa, usada pelo trio, a polícia encontrou inúmeros produtos roubados.

De acordo com o sargento Wamberto Ferreira, do 41º Batalhão da Polícia Militar, o assalto à mansão, localizada na Rua Ascânio Bularmaqui, ocorreu por volta das 21h. A família teria ficado sob o poder dos assaltantes durante aproximadamente uma hora. “Foi o tempo suficiente para eles limparem a casa, levando dinheiro e muitos equipamentos eletrônicos”, conta. Ninguém da família foi ferido durante a ação.

Segundo o sargento, os acusados invadiram o imóvel no Mangabeiras e, armados, renderam a senhora, de 60 anos, e o casal de filhos, de 31 e 32 anos. Sob ameaças eles foram levados para a dispensa, onde ficaram trancados por cerca de uma hora. Os objetos roubados foram colocados no Peugeot da família e num Palio tomado de assalto momentos antes, que foi usado pelos criminosos para se deslocarem do Barreiro para o Mangabeiras. Foi a partir da queixa de roubo do Palio que os policiais detiveram o trio no Bairro Milionários, no Barreiro.

No Bairro Milionários os suspeitos abandoraram o Peugeot e ainda tentaram roubar um Siena. Neste momento os policiais já estavam em perseguição ao grupo e conseguiram efetivar o flagrante. “Estávamos em patrulhamento na Rua dos Americanos, no Bairro Milionários, quando vimos o veículo. Iniciamos a perseguição. Dois suspeitos tentaram fugir roubando um Siena, mas acabaram detidos”, explicou o militar.

O sargento Ferreira ressaltou que os suspeitos já haviam descarregado todos os produtos roubados da mansão em uma casa do mesmo bairro onde foram presos. “Lá é um esconderijo, onde encontramos muito material que deve ser fruto de roubo. Dá para encher um caminhão com todos os produtos”, destaca.

Ainda segundo o sargento, na casa foi encontrada grande quantidade de drogas e armas. À meia noite os militares ainda contabilizavam todo o material apreendido. Os policiais suspeitavam da participação de mais homens no grupo e mais diligências seriam realizadas durante a madrugada.

(Com informações de Landercy Hemerson)