• (21) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Festa sub-17 em boate da Savassi gera polêmica e pode parar Justiça Associação médica deve encaminhar carta ao juizado da infância para tentar impedir evento que incentivaria promiscuidade

Cristiane Silva

Luana Cruz

Publicação: 08/04/2011 13:24 Atualização: 08/04/2011 17:10

 (Divulgação)

Um evento de axé destinado ao público adolescente provoca polêmica em Belo Horizonte. A Associação dos Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais (Sogimig) em parceria com a Sociedade Mineira de Pediatria (SMP), devem encaminhar ainda nesta sexta-feira uma carta ao Juizado da Infância e Adolescência e ao Ministério Público de Minas Gerais alertando sobre a prática promíscua adotada na divulgação do evento “Clube Neon Folia”, que acontece no sábado.

Nos cartazes e folders distribuídos nas portas de escolas da capital, os organizadores afirmam que as “meninas que ficarem com meninos ganham colares”. Nos folhetos, os estudantes ainda são informados que a menina que tiver mais colares ganha um ingresso para um evento musical programado para o próximo final de semana no Megaspace, na Grande BH.

Segundo representantes da Sogimig, o evento é direcionado aos adolescentes entre 12 e 17 anos, que estariam sendo incentivados à promiscuidade. De acordo com o vice-presidente do Comitê de Ginecologia e Obstetrícia Infanto Puberal da Sogimig , o ginecologista Geraldo Diniz Vieria, o objetivo do envio da carta é coibir a realização de eventos que incentivam esses atos. “Não são os valores que queremos passar para os nossos filhos. Nós como médicos e como pais, alertamos a todos sobre a banalização que nossas crianças estão, cada vez mais, sendo expostas em relação a assuntos como o sexo e relacionamento interpessoal”, explica.

Segundo o responsável pelo evento na Savassi, Fábio Lucas, de 20 anos, a associação pode estar entendendo mal o objetivo da festa. “Os médicos devem estar interpretando mal. Em BH tem muita boate com menor e festa sub-17. Tem menores beijando na boca e se abraçando. Os médicos estão levando esse evento para o lado do sexo, mas lá só vai ter beijo na boca. A gente não está induzindo ninguém. A gente, inclusive, libera a entrada de pais para conhecer a casa”, disse Fábio.

O promotor de eventos tenta provar que as festas que organiza seguem a lei. De acordo com Fábio, a Label Club, boate onde será o evento, sempre realiza festa sub-17. A casa tem alvará e abre as portas a menores entre 12 e 17 anos. Segundo ele, nas festas não entram maiores de idade e os adolescentes só podem participar se apresentarem RG ou certidão de nascimento. Dentro das boate, durante eventos para menores, não há venda de bebida alcoólica e cigarro.

Sobre a propaganda da festa, onde as meninas que beijarem mais garotos ganhariam ingresso para o Axé Brasil, Fábio Lucas afirma que a ideia foi dos “ promoters” contratados por ele e pelo sócio. Os meninos que promovem o eventos são menores e ganham R$ 1 para cada convidado que levarem nas festas. Segundo Fábio, os promoters são escolhidos pelo rendimento escolar, e todos os contratados tem boas notas.

O organizador afirma que a festa acontecerá. “O evento está de pé. Não há problema nenhum, nada fora do normal.”, disse Fábio Lucas.

Aguarde mais informações

Esta matéria tem: (21) comentários

Autor: Helton Kennedy Batista
So tenho um comentario sera que essas ditas criancas vao la de livre espontanea vontade ou vao obrigados e sao essas ditas criancas que estao assaltando e matando por ai | Denuncie |

Autor: Aline Esteves de Barros
não deixaria meus filhos frequentar esse tipo de estabelecimento! | Denuncie |

Autor: Heber Gomes
OTIMO!!! FESTA CANCELADA!!!!!! | Denuncie |

Autor: MARCONI GOMES
Não vejo graça nessa notícia! | Denuncie |

Autor: fuad Hallack
Boa a atitude da AMMG.Os oportunistas de plantão deveriam explicar porque então que sua modernidade e liberdade tem aumentado o número de adolescente grávidas e com Aids?Talvez e tivessemos ,mais iniciativas como essa da AMMG tivessemos uma realidade menos vergonhosa. | Denuncie |

Autor: Fabio Leal
Se tivesse uma filha, nao permitiria que frequentasse um evento deste tipo... mas também não sou tão hipócrita de querer que a diversão dela seja frequentar uma Igreja. Tudo tem a hora certa. Rezar e agradecer a Deus e também sair para divertir. | Denuncie |

Autor: Andréa Costa
A responsabilidade é dos pais e ponto final. | Denuncie |

Autor: joao paulo
Nossa juventude esta se perdendo por causa desses gananciosos! Daqui a pouco a menina mais nova que tirar a roupa na rua ganha dinheiro! Cade a vergonha ? E cade os pais dessas crianças? se forem é porque os pais deixam e aceitam isso! Gente cade o carater de 10 anos atras? A moralidade tem de voltar | Denuncie |

Autor: ariani CAMPOS
É SÓ OS PAIS OU RESPONSÁVEIS DIZEREM NÃO! NÃO DEIXAREM IR! LIMITE EXISTE E DIZER NÃO TBM SIGNIFICA AMOR POR UM FILHO! | Denuncie |

Autor: Stefanie Souza
kkkkkkkkkkkk....Marcelo vc é hilário! | Denuncie |

Autor: Patrick Alves
Proibir não adianta nadaa, pois eles farão outra festa. essa moçada está muito sem noção..aí a menina vai e engravida em uma festa dessa, e nem sabe quem é o pai, pq vira putaria pura ! | Denuncie |

Autor: itamar santana
Na minha opinião a culpa são dos pais se deixarem seus filhos, principalmente menina irem em uma festa dessa!Eu jamais deixaria a minha filha participar, e se ela fosse escondida estaria ia se ferrar comigo!!É como se diz a biblia ´´Me diga com quem tu andas, que direi quem tu és`,pais abrem os olhos | Denuncie |

Autor: valmir marques
por opiniões como essas é que Minas é motivo de chacota nacional dizendo que carnaval de mineiro é procissão... | Denuncie |

Autor: Mauricio Neves Miranda
Os que são a favor não devem ter filhos. Se tivessem será que os deixariam ir? | Denuncie |

Autor: MARCONI GOMES
É incrivel se falar ainda em FESTAS, ÔBAS, ÔBAS, depois de uma tragédia dessa no Rio de Janeiro.. tô falando... Precisamos é de rezar pelas famílias das vítimas! | Denuncie |

Autor: MARCELO FREITAS
Ah, que implicância, gente....E meus bofes???? | Denuncie |

Autor: MARCELO FREITAS
Acho um exagero das autoridades. Tem cada bofe nestas festas, huuummmm.... Ô gente, deixa nós se divertir, uai. | Denuncie |

Autor: rubens asssis
É POR COISAS COMO ESSAS QUE A JUVENTUDE DESANDA. NESSE TIPO DE EVENTO A "MULECADA" BEIJA, TRANSA, CHEIRA, BEBE, FUMA, ENGRAVIDA, E POR AÍ VAI. PAIS, ARTIGO EM BAIXA. | Denuncie |

Autor: MARCONI GOMES
Tá certo. Tem que impedir esse tipo de evento, afinal de contas, os "MOLEQUES" de hoje, não enxergam um palmo a frente do nariz, depois vai sobrar é para os pais. Ridículo! | Denuncie |

Autor: Heber Gomes
Porque nao fazem uma divulgacao desta para os moleques irem pra igreja? Aquele que for em maior quantidade de cultos, e ajudar na igreja ganha um ingresso. Nunca Veremos!!! | Denuncie |

Autor: André Bueno
Deixa os muleques beijarem na boca gente !!!!!!! kkk | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.