Corpo de piloto do bimotor que caiu no Vale do Rio Doce é enterrado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 13/12/2010 14:07 / atualizado em 13/12/2010 14:20

João Henrique do Vale

SUPER CANAL Deivid Silva e Adriano Herculano
 

Foi enterrado na manhã desta segunda-feira, o corpo do piloto João Vicente Guimarães Granha, de 40 anos. O sepultamento aconteceu no cemitério das Palmeiras, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Ele pilotava o bimotor, que transportava funcionários da Legião da Boa Vontade (LBV), e que caiu na noite de quinta-feira, em Bom Jesus do Galho, no Vale do Rio Doce. João Vicente morreu na madrugada de domingo no Vitória Apart Hospital, no Espírito Santo, onde estava internado.

Ele foi a quarta vítima do acidente. Na queda, morreram carbonizados a repórter Belkis de Faria, de 35 anos; o fotógrafo Clayton Ferreira, de 25; e o cinegrafista Rodrigo Mafra, de 26. O diretor-executivo da LBV, Paulo Duarte Pereira, de 46, continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo a assessoria da LBV, o quadro de saúde dele é estável.

Segundo a assessoria da LBV, na manhã de domingo, o corpo de Clayton Ferreira e de Rodrigo Mafra, foram enterrados, no Cemitério Parque Jaraguá, em São Paulo. O corpo de Belkis Faria foi enterrado em Campo da Esperança, em Brasília, também no domingo.

Na sexta-feira técnicos do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa 3), do Ministério da Defesa, iniciaram a perícia para averiguar as causas do acidente. O Seripa 3, que investiga acidentes aéreos em Minas, Espírito Santo e Rio de Janeiro - onde fica sua sede -, informou que não há previsão para a conclusão do laudo.