Estado de Minas - Acompanhe as últimas notícias sobre Minas Gerais, economia, política, nacional, internacional, ciência e tecnologia Você, Empreendedor

SIGA O EM

Goles de inovação

Microcervejaria enfrenta as gigantes do setor e cresce com união de bebida e gastronomia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 865551, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Jair Amaral/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': 'Diretora de Marketing da Backer, Ana Paula Lebbos diz que mat\xe9ria-prima e equipamentos avan\xe7ados fazem diferen\xe7a', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/06/07/654072/20150602191301876815a.backer', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 07/06/2015 00:03 / atualizado em 09/06/2015 18:03

Estado de Minas

Jair Amaral/EM/D.A Press
Como no confronto bíblico de Davi contra o gigante Golias, para se diferenciar num mercado de grandes concorrentes a arma da criatividade e a opção por desenvolver um produto que tivesse conteúdo inovador fortaleceram a estratégia da microcervejaria Backer, uma das pioneiras do setor em Minas Gerais. Conhecimento sobre estilos da bebida e a gastronomia local, os proprietários, os irmãos Halim e Munir Lebbos, já dispunham quando surgiu o projeto de unir esforços com um mestre cervejeiro para ingressar no ramo das cervejas artesanais, conta Ana Paula Lebbos, diretora de marketing da empresa, fundada em 1999.

“É muito importante ter inovação e criatividade, com foco principal na nossa terra e na nossa gastronomia. Identificação cultural e o local são diferenciais, sem qualquer dúvida, do produto que fazemos”, afirma. O negócio familiar investiu para quebrar um paradigma, mostrando que qualidade e tecnologia não seriam atributos só de grandes marcas. Esses fatores, no entanto, foram considerados pré-requisitos do negócio. A Backer produz 14 versões de cerveja em seu parque industrial instalado na capital mineira.

À pesquisa de mercado benfeita, segundo Paula Lebbos, houve, ainda, a preocupação de garantir a matéria-prima e o equipamento qualificado para a produção. “A princípio, foi uma grande dificuldade encontrar bom maquinário da indústria nacional para uma microcervejaria, mas hoje isso não é mais um problema”, diz a diretora de marketing. A empresa importa o lúpus dos Estados Unidos, Austrália e República Tcheca.

A proposta de criação de um parque cervejeiro, inaugurado em outubro de 2014 no Bairro Olhos D’Água, consumiu três anos de trabalho. O empreendimento contempla, além da fábrica, um restaurante, onde o cliente pode degustar cervejas frescas (não pasteurizadas), e harmonizá-las com um cardápio especial, incluindo petiscos mineiros. O consumidor é também atendido em uma loja de suvenires.

Espaço Os proprietários criaram, ainda, um espaço dedicado ao hábito de beber cerveja. De acordo com Paula Lebbos, a intenção é manter uma grade de cursos de qualificação para disseminar a própria cultura da produção e do consumo da bebida. Outro canal de divulgação e que funciona como trampolim para a expansão de mercado é a presença bem trabalhada da marca, segundo a diretora de marketing da Backer, nas prateleiras dos supermercados, delicatéssens, bares e restaurantes. “São eles que dão força para as pequenas empresas. As grandes tendem a comprar pontos”, afirma.

Com essa política de trabalhar bem o ponto de vendas, algo que Ana Paula destaca como crucial para o sucesso de qualquer pequeno empreendimento, a empresa informa ter conquistado a liderança no segmento de cervejas premium em algumas redes de supermercados de BH. No interior de Minas, a linha Backer é distribuída no chamado Circuito das Águas, no Sul do estado; no Norte; e em Uberlândia, no Triângulo mineiro. O desaquecimento da economia e o crédito caro não afetaram os planos de expansão da empresa e, na visão de Ana Paula, isso vale como regra de não parar, a despeito de momentos de retração do consumo. “Somos brasileiros, uns lutadores. Não é por pouco que a gente desiste”, diz.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600