SIGA O EM

MODA/FRANCHISING

No mundo da costura, opção pode ser partir para a aquisição de uma franquia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 854806, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Arquivo Pessoal', 'link': '', 'legenda': 'Diretor de intelig\xeancia de mercado da Associa\xe7\xe3o Brasileira de Franquias, Cl\xe1udio Tieghi destaca reconhecimento de marcas e troca r\xe1pida de informa\xe7\xf5es', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/05/24/649695/20150520192751506252e.jpg', 'alinhamento': 'right', 'descricao': ''}]

postado em 24/05/2015 06:06 / atualizado em 24/05/2015 09:40

Arquivo Pessoal
Se a criação de peças não o empolga nem uma máquina de costura é a sua vocação, talvez o sonho de entrar no mundo da moda possa ter outro caminho: as franquias. É nessa modalidade que o empreendedor não começa do zero e tem a chance de adquirir um negócio já testado e que demonstra ser rentável, já que, a cada 100 franquias abertas por ano, apenas três fecham as portas. Essa opção, com menos riscos, tem crescido no país, principalmente em Minas Gerais. No estado, em uma comparação dos últimos dois anos, a distribuição de unidades franqueadas cresceu 29,6%, entre 2012 e 2014.

No país, a expansão foi 9,8% das unidades de franquia em operação. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising (ABF), que mostra também que, no segmento de vestuário, no país, houve um aumento de 3% no faturamento em 2014, chegando a R$ 9,677 bilhões. Em número de marcas, cresceu 5,8%, com 329 redes, e em unidades aumentou 12,2%, com 8.770 lojas. Em Minas, no setor de vestuário já são 41 marcas existentes para franquias. “É um setor amadurecido, mas que exige do franqueado bastante preparação e trabalho”, comenta o diretor de inteligência de mercado, relacionamento e sustentabilidade da ABF, Cláudio Tieghi. Segundo ele, a grande vantagem desta modalidade é o empreendedor usufruir do know-how, troca de informações rápidas e reconhecimento da marca. “O franqueador está conectado a tendências internacionais, já tem o modo de fazer, e, na moda, isso é importante.”

O primeiro passo para quem decidiu entrar nesse ramo é, segundo Cláudio, a avaliação do negócio. “Não se deve avaliar uma franquia só por questões financeiras. É importante que o interessado busque comprar uma franquia com a qual ele se identifique, levando em consideração o tipo de produto, os valores da marca, a forma de se trabalhar e o cotidiano desse negócio”, afirma. Segundo Cláudio, o franqueado, no universo da moda, não precisa ter experiência no ramo, mas precisa gostar do que faz. “É uma área que tem vários nichos, como infantil, feminino, masculino. Por isso, a pessoa tem que avaliar e ver qual mais lhe atrai”, aconselha.

SELEÇÃO
Depois de decidir qual a área do seu negócio, o caminho é ser aprovado pelo franqueador. “Existe um processo seletivo, em que o franqueador faz uma leitura desse candidato, observa se ele quer mesmo ficar no segmento, e o candidato tem a oportunidade de conhecer mais sobre a marca e ter certeza se quer ou não trabalhar com ela.” Para que esse processo, a recomendação da ABF é de que o interessado passe por essas avaliações, pelo menos, em três marcas.

Se está decidido a comprar uma franquia, a franqueadora é obrigada a enviar ao franqueado uma Circular de Oferta de Franquia, que é um documento, em que ela vai prestar toda a informação relacionada à marca. “Constará nesse documento o modelo de negócio, o perfil do franqueado, níveis de investimento e previsão de ponto de equilíbrio da operação. Essas informações devem ser entregues 10 dias antes da assinatura do contrato, o que impede que o candidato feche um negócio no calor das emoções”, diz Cláudio.

RAIO X DE MINAS NO SETOR DE FRANQUIAS

Percentual de unidades instaladas nas capitais
São Paulo 16,5%
Rio de Janeiro 7,4%
Belo Horizonte e Curitiba 2,4%

Por estado
São Paulo 37,5%
Rio de Janeiro 11,6%
Minas Gerais 7,9%
Paraná 6%

Unidades por segmento da moda
Acessórios Pessoais e Calçados 457
Vestuário 316

Vantagens da franquia
- Possibilidade de sucesso devido a ser um negócio já experimentado.
- Planejamento, pesquisas, treinamento.
- Baixo custo de propaganda e promoções.
- Rapidez no retorno financeiro.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600