Estado de Minas - Acompanhe as últimas notícias sobre Minas Gerais, economia, política, nacional, internacional, ciência e tecnologia Você, Empreendedor

SIGA O EM

Estética/Passo a passo

Em um mercado competitivo, explorar novas ideias e saber dar valor são atitudes acertadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/05/2015 06:08 / atualizado em 10/05/2015 07:52

Jorge Macedo - especial para o EM

O setor da beleza tem-se mostrado um mercado não só promissor, mas bastante competitivo. Para se ter ideia, em Belo Horizonte existem perto de 24 mil salões. No estado, são 3,8 mil academias o segundo maior número do país, depois de São Paulo. Sobreviver em mercados de alta concorrência é um desafio para o empreendedor. Preparar-se para ser o dono do próprio negócio, buscar informações, aproximar-se de centros de pesquisa e investir na inovação são atitudes que guiam os primeiros passos rumo ao sucesso.

“É errada a ideia de que inovação seja algo muito complicado ou complexo. Muitas vezes, a inovação pode estar em uma simples forma de atender o cliente que foge a um padrão comum repetido pelo mercado”, explica Viviane Soares, analista do Sebrae. Para a especialista, é um erro do empreendedor pensar em apenas copiar e repetir atitudes do mercado sem se preocupar em introduzir novidades no negócio.

Outro aspecto do negócio que pode ser complicado para o empreendedor em um cenário de alta competição é acertar o preço. “O valor do serviço é mais importante que o próprio preço”, observa a analista do Sebrae. Para chegar ao valor cobrado, é importante observar o mercado, os custos, mas também ter em mente a qualidade do produto para que o cliente perceba valor naquilo que está comprando.

Crescer é uma tendência natural de um negócio de sucesso. Para o empreendedor, perceber o momento de virada no negócio pode fazer toda a diferença. Investir em novos equipamentos, em tecnologia e ampliar o espaço fazem parte do passo a passo na rotina do empreendedor e devem ser bem calculados. Para isso existem linhas de crédito disponíveis no mercado. Viviane Soares aponta que o crédito não deve ser tomado por impulso, mas é um passo importante a ser bem planejado. “Depois de pesquisar as melhores taxas do mercado, o empreendedor deve usar o recurso para aquilo que foi planejado e cumprir os prazos de pagamento”, observa. Veja alguns passos importantes para o empreendedor no quadro ao lado.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600