Estado de Minas - Acompanhe as últimas notícias sobre Minas Gerais, economia, política, nacional, internacional, ciência e tecnologia Mundo Pet

SIGA O EM

O que rola

Curiosidades, agenda e Fala, especialista

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/05/2015 06:14 / atualizado em 09/05/2015 07:31

Jorge Macedo - especial para o EM

CURIOSIDADES
Plataforma permite buscar passeadores

A prática de exercícios é muito importante para uma vida saudável de qualquer animal, principalmente para os cães. Pensando nisso, foi criada a plataforma DogWalkers, um facilitador entre donos de pets e passeadores de cães. A plataforma permite que os donos façam buscas por bairro. www.dogwalk.com.br

Pássaros.com/Reprodução da internet

Canto de flauta
O pássaro bicudo é bastante conhecido pelos criadores de passarinho. Quando canta, costuma ficar com a cauda baixa e o peito para frente, em posição ereta, ângulo de 80°, para ressaltar sua elegância. O canto se assemelha ao som de uma flauta, podendo ser mais flauteado, com notas ressonantes, ou mais corrido, com notas mais longas.

AGENDA
Curso de Adestradores

A Lord Cão oferece cursos em grupo para aquelas pessoas que buscam adestrar os cães. O curso é realizado em seis aulas em grupo, uma vez por semana, com duração de uma hora. Informações: (31) 3421-0964 ou katia@lordcao.com.

Encontro de roedores
A Animalle Mundo Pet realiza dia 16, das 14h30 às 16h, o encontro de roedores e coelhos. Serão sorteados brindes durante o evento. Informações e inscrições no site www.animallemundopet.com.br.

FALA, ESPECIALISTA
Sarah Simões, médica veterinária e pós-graduanda em clínica médica e cirúrgica de pequenos animais
Ele está deprimido?
Seu animalzinho de estimação está com apatia, quieto, perdendo peso e com falta de apetite? Esses são alguns dos sintomas da depressão. Além desses sintomas, eles podem apresentar mudanças comportamentais, como fazer as necessidades em lugares indesejados, destruir objetos ou se mutilar, mordendo as próprias patas. Consequentemente, com a fraqueza e má alimentação, os pelos ficam mais opacos e pode haver queda. Lembrando que esses sintomas podem ter outros fatores pré-disponentes, todo quadro clínico deve ser associado ao histórico do pet em uma consulta com o médico-veterinário. Vários fatores podem influenciar o desenvolvimento desse quadro clínico, talvez o principal deles esteja no próprio dono em tratar o animal como se fosse humano. Hoje, as pessoas tratam os pets como se fossem humanos bebês, colocam roupas, sapatos e até carrinho de bebê próprio para os pets. Isso com certeza é um fator grave pra desencadear a depressão, pois eles são animais e gostam de pisar na grama, na terra, no chão, rolar no barro, nadar e brincar. E por mais que tentam se adaptar à criação que estão tendo, com certeza sentem falta da sua identidade e para muitos desses pets, essa criação causa um transtorno, podendo levar à depressão. Quanto mais cedo se percebem os sintomas, mais rápido a cura. O tratamento é individual e depende da causa e da resposta de cada pet. Hoje, existem medicamentos até homeopáticos para esse quadro. O mais importante é levá-lo ao veterinário e descobrir o fator pré-disponente para corrigi-lo o mais rápido possível e acabar com todos o sintomas de depressão que o pet apresentar.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600