SIGA O EM
 col-xs-12

As melhores empresas por segmento

Pesquisa avaliou 72 marcas distribuídas em 12 setores de mercado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 14/11/2013 16:24 / atualizado em 14/11/2013 16:32

As 72 empresas participantes das marcas mais prestigiadas em Minas” foram analisadas também em seus respectivos segmentos de atuação. Distribuídas em 12 setores de mercado, as marcas foram classificadas conforme sua posição na listagem geral e algumas ganharam destaque, embora sem figurar entre as dez primeiras posições no ranking principal. É o caso do Carrefour, classificado no 18º lugar, mas que lidera desde 2012 o ranking de empresas do setor varejista, à frente de cinco empresas. Há mais de três décadas no estado, onde possui 24 unidades, a rede de supermercados tem atraído principalmente a nova classe média para se consolidar como a marca mais influente do varejo em Minas Gerais.

A PUC Minas, 25ª na classificação geral, é novamente a primeira colocada no segmento de educação superior privada, ranking que ficou mais acirrado em 2013 com a entrada de mais uma instituição de ensino, a Newton Paiva. Já no setor de telecomunicações, a Vivo, 27º na listagem principal, tomou a liderança da TIM, confirmando sua posição como maior empresa do segmento no país, com 91,9 milhões de clientes, 76,8 milhões apenas na operação móvel.

No mercado desde 1979, primeiro só em Minas Gerais, depois praticamente em todo o país, a MRV Engenharia, na 34º posição, lidera o ranking de nove empresas do ramo de construção e imóveis. Assim como a Localiza, maior rede de aluguel de carros da América Latina, que encabeça a lista do segmento de transporte, apesar de figurar na 36ª posição no ranking geral.

Percepção diversificada


Consumidores, clientes ou simplesmente cidadãos, os 2.968 mineiros que participaram da quarta edição do levantamento das marcas mais prestigiadas em Minas este ano formam um universo diversificado, mas em que a maioria são homens, moradores do interior, com mais de 34 anos, curso superior completo, com emprego formal e renda mensal acima de R$ 3 mil.

Em relação à formação, apenas 0,6% tem apenas as primeiras séries do ensino fundamental, enquanto no outro extremo 18,4% têm diploma de pós-graduação. Já com relação à atividade profissional, 20,9% não têm atividade remunerada e 42,6% têm renda até R$ 3 mil. As mulheres são 45,7% do total, ou 1.356 participantes, enquanto os moradores de Belo Horizonte representam 48,8% dos entrevistados.

Campeã e vice no ranking geral das marcas mais prestigiadas em Minas, Vale e Nestlé são quase uma unanimidade na preferência dos mineiros e se alternam no primeiro e segundo lugar entre quase todos os perfis dos pesquisados. Apenas entre os homens e as pessoas com renda até R$ 3 mil a Nestlé não aparece entre as duas primeiras, sendo substituída, nos dois casos, pelos Correios, terceira classificada no ranking geral da pesquisa.

A Nestlé é a queridinha entre as mulheres e as pessoas com rendimento superior a R$ 3 mil. Já a preferência pela Vale mostra o por que ela é a marca com mais prestígio entre os mineiros. A Vale é a mais admirada entre os homens, os que têm até 34 anos, os que estão acima dessa idade e entre os que têm renda de até R$ 3 mil.
Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600