SIGA O EM
 col-xs-12

Seduzindo a classe C

Há mais de três décadas com lojas em diferentes cidades mineiras, Carrefour atrai a nova classe média para se manter como a marca mais influente do varejo em todo o estado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/11/2012 14:12

Da abertura da primeira loja da rede até os dias atuais já se vão 32 anos. Hoje, a multinacional francesa Carrefour conta com 24 unidades no estado, sendo sete hipermercados – quatro na capital e os demais em Contagem (Região Metropolitana de Belo Horizonte), Juiz de Fora (Zona da Mata) e Uberlândia (Triângulo Mineiro) – e 17 supermercados – o Carrefour Bairro, onde trabalham cerca de 3 mil colaboradores diretos. Minas Gerais é a segunda praça no país em número de lojas com a bandeira Carrefour, a marca mais prestigiada pelos mineiros no segmento Varejo.

São mais de 3 milhões de clientes no estado e o foco da rede é, principalmente, a nova classe média, que busca benefícios tangíveis em suas compras. A campanha “Faz a conta. Faz Carrefour” foi lançada no intervalo comercial do último capítulo de Avenida Brasil, da Rede Globo – novela com o mesmo público-alvo e com participação no número de televisores ligados superior a 70%. Além do filme criado pela Leo Burnett Tailor Made, a estratégia conta com jingles, peças para mídia impressa, busdoor e metrô, material de ponto de venda, tabloide e folhetos e ações de merchandising.

Na briga pela classe C mineira para firmar-se como melhor opção de compras, a multinacional francesa tem de enfrentar concorrentes fortes como o Bretas, quarto maior conglomerado de supermercados do país, com forte presença no interior de Minas (e segundo colocado na pesquisa no segmento), e os Supermercados BH (terceiro colocado), segunda rede do estado, com mais de 110 lojas espalhadas pela RMBH e por cidades como Pará de Minas e Conselheiro Lafaiete, na Região Central, e Montes Claros, no Norte.

A estratégia inclui ampliar o leque de serviços, agregando ao seu menu drogarias, postos de combustível com a bandeira da empresa e produtos personalizados, que levam em conta a regionalização, como é o caso do pão de queijo Carrefour, que cada vez mais ocupa espaço nas prateleiras da rede em Minas. A regionalização se estende às frutas, verduras e legumes, cujos produtores são locais para atender as preferências em cada lugar.

COMPROMISSO SOCIAL
Foi em Minas Gerais que surgiu a primeira parceria chancelada pelo selo Garantia de Origem, que assegura a qualidade dos alimentos. Ou seja, do campo à gôndola, a produção e preparação seguem preceitos rigorosos de qualidade, compromisso social e ambiental. O contrato assinado em 1999 com um produtor de frangos da cidade de Veríssimo, a 43 quilômetros de Uberaba, no Triângulo Mineiro, ainda está em vigor. Outro município que participa do programa, fornecendo carne suína, é Ponte Nova, na Zona da Mata.

A responsabilidade social e ambiental das unidades Carrefour em Minas Gerais está ainda nas estações de reciclagem, coleta de pilhas e óleo de cozinha usado. As próprias embalagens com a bandeira da empresa apresentam dicas de sustentabilidade e consumo consciente. A rede também apoia diversos projetos sociais, caso da ONG Rede Cidadã, com o Projeto Conexão, que oferece cursos profissionalizantes nas áreas de administração, marketing e vendas, além de aulas de cidadania, saúde e relações humanas. O Carrefour conta ainda com um programa de voluntariado em todas as lojas do país, e no estado seus funcionários assistem diversas entidades sociais.
Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600