SIGA O EM
 col-xs-12

5º Lugar Geral

Inovação que põe mesa

Fusão com a Perdigão não diminuiu o prestígio da Sadia, que detém a liderança de mercado no estado com diferentes produtos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/11/2012 11:09 / atualizado em 29/11/2012 15:42

ARQUIVO SADIA

A fusão com outra gigantesca empresa do ramo de alimentos não tirou o brilho da Sadia, quinta colocada no ranking geral de marcas mais prestigiadas em Minas. Mesmo após a criação da Brasil Foods (BRF), resultado da associação com a Perdigão, aprovada em 2011, a marca manteve uma alta visibilidade entre os consumidores, graças aos investimentos nela aplicados e à qualidade dos produtos. “A estratégia de diferenciação das propostas das marcas tem se mostrado efetiva e o consumidor continua entendendo as duas marcas como diferentes”, avalia Eduardo Bernstein, diretor de Marketing da unidade de carnes da BRF.

Na fábrica de produtos processados em Uberlândia, a companhia produz pratos prontos, pizzas, empanados e margarina, um dos pontos fortes da Sadia em Minas Gerais. De acordo com pesquisa Nielsen, realizada com base nos últimos 12 meses, a Qualy é líder mineira no seu segmento, com 61% do volume de vendas. Segundo Bernstein, por confiar no alcance do produto Sadia entre o público, a BRF, detentora da marca, desenvolve produtos regionais apenas em casos pontuais, quando uma linha regular não supre a necessidade de mercado – o que não é o caso entre o público mineiro.

NOVIDADE
Se a regionalização não figura na lista de destaques da empresa, a inovação está no topo. Escolhida como a mais inovadora do Brasil, segundo levantamento da revista Forbes, e 54ª colocada entre as corporações mundiais, a BRF vem investindo ano a ano em novidades para suas linhas, sobretudo nos produtos que compõem a cesta de Natal.

No ano passado, a empresa lançou perus sabor manteiga e ervas e desossado recheado com farofa, com a marca Sadia. O resultado foi que o total de vendas de carnes natalinas da BRF passou de 3% em 2008 para 9% em 2011. “A expectativa deste ano é de que a fatia das inovações no faturamento cresça para ao menos 10%”, projeta Bernstein.

ON-LINE
A busca pela qualidade Sadia extrapola a inovação e passa também por tradicionais canais de relacionamento, como a central de atendimento ao consumidor, e pela internet, sobretudo pelas redes sociais. Juntas, as fan pages da Sadia e do Hot Pocket Sadia reúnem mais de um milhão de usuários. Bernstein revela que mensalmente é analisado o desempenho de cada uma das publicações veiculadas nas mídias sociais. A intenção é verificar os temas mais compartilhados, conferir as recomendações e críticas. “Acompanhar e analisar o comportamento da audiência on-line é sempre vantajoso e estratégico, pois oferece elementos para direcionar ações de marketing digital e aquelas fora da internet”, ressalta o executivo da BRF.

A marca, que se notabilizou pelas grandes campanhas publicitárias, como a do termômetro do peru de Natal, criada pelo publicitário Washington Olivetto nos anos 1980, hoje se rende ao poder das redes sociais. “Do ponto de vista de mídia, a recomendação de um amigo vale mais do que a propaganda convencional. As fan pages têm grande poder nessas indicações”, observa Bernstein.
Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600