SIGA O EM
 col-xs-12

Empresas participam do 3ª ano consecutivo da pesquisa Marcas Mais Prestigiadas em Minas

Trabalho realizado pelo Grupo Troiano de Branding e pela Ideia Comunicação Empresarial reuniu 72 empresas de onze diferentes segmentos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/11/2012 16:02 / atualizado em 13/11/2012 10:20

Daniela Rezende

Pelo terceiro ano consecutivo, empresas atuantes no estado participam da pesquisa Marcas Mais prestigiadas em Minas. No dia 29 de novembro, será divulgado o ranking com 72 empresas de diferentes segmentos, que disputaram a preferência do público entre as dez mais bem-colocadas. O trabalho é realizado pelo Grupo Troiano de Branding, em parceria com a Ideia Comunicação Empresarial.

Em setembro e outubro de 2012, mais de três mil votantes participaram da pesquisa via internet. Pessoas de diferentes regiões do estado, classes sociais, idade, sexo e escolaridade, escolheram empresas de onze setores – alimentos, bancos, educação, imóveis, saúde, mineração, serviços públicos, siderurgia e metalurgia, telecomunicações, varejo e veículos e peças.

A proposta da pesquisa é avaliar as marcas em seis atributos: capacidade de inovação, qualidade dos produtos e serviços, sustentabilidade, evolução da empresa, admiração e confiança e ambiente de trabalho.

O objetivo do trabalho é mostrar a importância da reputação e o valor dela no mercado. “Nós vivemos em uma sociedade em que os produtos são parecidos uns com os outros e das quais as pessoas têm um alto grau de informação. A reputação e prestígio para uma empresa, hoje, vale tanto quanto ter qualidade nos produtos”, explica o diretor da Ideia Comunicação Empresarial, Levi Carneiro.

As pesquisas divulgadas em 2010 e 2011 incluíam apenas marcas mineiras, neste ano o estudo se estendeu para empresas atuantes no estado. No ano passado, o ranking geral de prestígio e reputação com as 10 empresas mais votadas incluíram: Fiat, Cemig, Usiminas, Gerdau Açominas, Copasa, Itambé, Unimed, Votorantim Metais, Drogaria Araújo e Telemig Vivo.

Soraia Piva


Entenda a metodologia do estudo/2012

  • O estudo foi realizado por meio de uma amostra regional com 3.362 entrevistas, distribuída proporcionalmente por todo o Estado. Os entrevistados são homens e mulheres, entre 18 a 64 anos, em diversas faixas de renda.

  • Todas as entrevistas foram conduzidas em sistema online, realizadas pela empresa e-bit em setembro e outubro de 2012. O processamento estatístico foi conduzido pela Elementos.

  • Foram expostas à avaliação dos entrevistados 72 marcas corporativas atuantes em Minas Gerais, escolhidas a partir do ranking Exame Melhores e Maiores-2012 e do ranking Valor 1000 Maiores Empresas - 2012. Foi consultado também o ranking da Revista Empreiteiro para compor a lista das empresas de construção e imóveis, além de rankings específicos do mercado de marcas de automóveis e de instituições de ensino superior privado.

  • Juntamente com números relativos ao desempenho econômico-financeiro constantes nesses rankings, foi levado em conta o critério de visibilidade dos brandnames das empresas listadas, dentro dos onze segmentos abrangidos pelo estudo.

  • Cada entrevistado foi exposto a seis marcas, que giraram em rodízio de forma aleatória. Cada marca foi avaliada, em média, por 300 respondentes.

  • As marcas foram apresentadas nominalmente, sem o recurso gráfico de suas logomarcas. Importante: os entrevistados avaliavam apenas aquelas que indicavam conhecer.

  • Após indicar a corporação que mais se identificava com cada uma das dimensões, o respondente indicava qual era, na visão dele, a importância relativa de cada dimensão para determinar a reputação de uma empresa. Essa medida de importância gerou os pesos para o cálculo do índice de Prestígio e Reputação de Marcas Corporativas, através do qual as marcas são distribuídas num ranking.

  • O índice é, portanto, a média do quanto cada marca foi associada a cada uma das seis dimensões, ponderada pela importância relativa das dimensões.
Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600