SIGA O EM

Renata Vilhena, secretária de Planejamento e Gestão

Mobilidade e qualidade de vida

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 273177, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Beto Novaes/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2009/12/24/141427/20091224111902218248i.jpg', 'alinhamento': 'right', 'descricao': None}]

postado em 24/12/2009 11:11

Maurício Lara /Estado de Minas



Beto Novaes/EM/D.A Press
Fiel à sua especialidade, a secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, sonha para Belo Horizonte um novo sistema de transporte para garantir mais mobilidade a todos os cidadãos. “A cidade é tão bonita, tão charmosa, não merece o sistema atual”, diz a secretária, que recorda do tempo recente em que podia almoçar em casa, na Serra, todos os dias. Ela considera que os serviços públicos, como saúde, educação, fornecimento de água e energia, melhoraram muito nos últimos anos, mas a mobilidade está prejudicada. “Trânsito e transporte não acompanharam o crescimento da cidade", lamenta.

Planejar e implantar um novo sistema é um desafio. “Tem que ser agora. Se deixar passar mais, vamos caminhar para uma situação que não tem solução”, prevê. Renata Vilhena nasceu em Belo Horizonte e só morou fora durante quatro anos, quando atuava em Brasília. “Eu não precisava ter ido para lá para saber o quanto gosto daqui”, observa.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600