SIGA O EM

Comemoração de Natal fica mais divertida com brincadeiras entre os convidados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 09/12/2009 11:52 / atualizado em 10/12/2009 17:30

Existem muitas maneiras de animar a noite de Natal. A mais conhecida é o tradicional amigo oculto. Nas empresas, entre amigos e parentes, a brincadeira já é quase um ritual natalino. Mesmo sendo muito simples a lógica da diversão podemos incrementá-la de outras formas. No amigo oculto, são sorteados os nomes dos participantes entre eles. Algumas pessoas fazem uma lista com os presentes que gostariam de ganhar, outras estipulam preços máximos e mínimos de presentes. O mais interessante é o que se pode fazer na hora de entregar os “mimos”. Mímicas, imitações e descrições do presenteado são as maneira mais conhecidas de brincar. Porém, usando a criatividade é possível animar ainda mais a noite de Natal. Que tal tentar se caracterizar da pessoa que você vai presentear?

Fantasias também são muito interessantes. Convide os amigos e a família para uma ceia temática no Polo Norte! Mamãe Noel, Papai Noel, anões, gnomos, elfos e Reis Magos todos juntos partilhando esse momento especial. Para quem quer ser mais tradicional, vale apostar em coisas mais simples para animar a noite, como concursos de karaokês. Até para o karaokês a criatividade pode falar mais alto. Quem for mais animado pode confeccionar cartilhas com “micos”. Estipula-se uma nota mínima, quem não conseguir alcançá-la, sorteia uma cartilha e paga o mico.

Ainda falando em música, consultas à internet revelam que existem pelo menos cinco músicas natalinas mais conhecidas, sem contar com as músicas cantadas em outras línguas. Esse número já é suficiente para quem gosta de brincar depois da ceia. Divida todos os adultos em times, que terão de cantar em coral uma das músicas. Dessa vez, as crianças serão os jurados e vão escolher o time que cantar melhor, afinal, elas também fazem parte da festa e querem se divertir.

Na cozinha

Quem gosta de cozinha pode preparar uma "quitanda" natalina. São muitos os pratos típicos da data. Entre os amigos e a família, divida quem deve trazer o quê. Cada participante deve levar seu prato e uma caixinha. À medida que as pessoas forem comendo e gostando, devem deixar na caixinha uma quantia simbólica de dinheiro (dez centavos, vinte e cinco centavos, um real) No final da noite, o cozinheiro do prato que fizer maior sucesso ganha o que foi arrecadado em todas as caixinhas. O importante é manter o bom humor e preparar pratos deliciosos para a ceia de Natal.

Para os mais baladeiros, Belo Horizonte conta com dezenas de boates e bares que estão preparando uma programação especial para o dia 24. Depois da ceia, você e sua turma podem se divertir com músicas dos mais diversos gêneros e em ambientes totalmente diferentes. Tem espaço para todo mundo! Consulte a gerência do seu bar ou boate preferido sobre a programação.

 

(Priscila Robini/Portal Uai)

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600