SIGA O EM

Redação

Confira as dicas de temas de redação para o Enem

Professores de destaque sugerem os temas mais quentes para a prova de redação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1073200, 'arquivo_grande': '', 'credito': '', 'link': '', 'legenda': 'Professores de reda\xe7\xe3o de Minas d\xe3o dicas para a nota 1000 (esq. para direita/cima para baixo): Rafael Reis, Isabella Nazar, Aline Medeiros, Marcelo Batista, Alison Leal e M\xe1rcio Augusto.', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/09/19/805499/20160919105051303335e.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 19/09/2016 09:54 / atualizado em 19/09/2016 15:01

Com a proximidade do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), todos os participantes estão se perguntando qual será o tema da redação de 2016. Ao contrário das outras provas objetivas, o edital do exame não apresenta qual será o conteúdo exigido na redação. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) isso é proposital, pois só assim poderá avaliar se os estudantes demonstram as competências esperadas na hora da produção de um texto dissertativo-argumentativo.

Para ajudar os candidatos rumo a nota 1000 de redação, o portal UAI reuniu dicas e os temas mais quentes com os professores dos principais cursinhos de Minas Gerais. A prova será realizada no dia 6 de novembro, confira abaixo as sugestões:

Rafael Marques Guisoli dos Reis, professor de redação
Bernoulli Colégio e Pré-vestibular (Belo Horizonte) - http://www.colegiobernoulli.com.br/
Temas:

  • Bullying ou violência nas escolas.
  • Inclusão de deficientes.
  • A importância do acesso à arte e à cultura.

Dicas para a prova:
Para se sair bem, o candidato precisa deixar claro o ponto de vista que irá defender e fazer uma argumentação consistente, empregando diversos recursos argumentativos e utilizando diferentes áreas do conhecimento. Além disso, o texto precisa ser claro e organizado para facilitar o entendimento do leitor. Por fim, é importante detalhar bem as propostas de intervenção para os problemas abordados ao longo do texto.

Isabella Nazar, professora de redação e português
CDF Pré-vestibular (João Monlevade) - https://www.facebook.com/eusoucdf/
Temas:

  • Intolerância: representada de várias formas e gerando bullying, ciberbullying, discursos de ódio, racismo, etc.
  • Recursos hídricos: assuntos relacionados ao meio ambiente, escassez hídrica, agricultura familiar, aquecimento global.
  • Relações interpessoais: conceito de família, Lei Antimanicomial, democracia: cultural, educacional e acesso das minorias aos direitos.

Dicas para a prova:
A primeira dica é que o candidato faça primeiro a prova de redação, pois estará com a mente tranquila e apto a organizar bem suas ideias. A segunda, não menos importante, é sair do senso comum. Os textos motivadores estão ali apenas para dar um direcionamento e recorte temático, mas é essencial que o aluno utilize os conhecimentos das várias áreas como: alusões históricas; argumentos de autoridade; filmes/músicas. Isso demonstrará destreza para a comprovação da tese e da argumentação.

Aline Medeiros Pinheiro, professora de redação e português
Chromos Pré-vestibular e Colégio (Belo Horizonte) - https://chromos.com.br/
Temas:
Neste ano, algumas apostas são feitas em relação a temas que podem aparecer no ENEM 2016. Assim como em 2015, esperam-se temas que abordem questões sociais. A relação do esporte na integração do indivíduo na sociedade, a importância da acessibilidade na construção da cidadania e até mesmo os problemas da mobilidade urbana nas grandes metrópoles são temáticas esperadas para a produção textual.

Dicas para a prova:
O aluno deve ficar atento à tipologia textual exigida: texto dissertativo-argumentativo. Para a construção de uma argumentação eficaz, é necessário clareza, por isso organizar bem as ideias antes de começar a produção, por meio de um bom esquema que delimite a abordagem temática, assim como os argumentos e as estratégias argumentativas utilizadas. É imprescindível, também, que o aluno escolha um vocabulário claro e objetivo para facilitar a compreensão das ideias apresentadas.

Marcelo Souza Batista, professor de redação
Determinante Pré-vestibular (Belo Horizonte) - http://www.determinantebh.com.br
Temas:
Para este ano a expectativa é que o Enem mantenha as características das provas anteriores. Levando em conta que o INEP provavelmente tentaria se desvencilhar das discussões a respeito de aspectos da recente mudança de governo para evitar alguma possível polêmica, acredito que o tema de 2016 abordará questões sobre cidadania, linguagens ou grupos minoritários. Quando trato de questões relacionadas à cidadania penso que eles podem cobrar algo sobre o voto ou sobre a forma que o cidadão relaciona com o outro. Para linguagem e escrita creio que o Enem pode resgatar uma discussão sobre variação linguística ou sobre a leitura e escrita, por exemplo. Já sobre grupos minoritários a prova pode abordar algum aspecto relacionado, por exemplo, a questões da intolerância no Brasil.
Dicas para a prova:
Para o aluno ter um bom desempenho, o mais importante é que o aluno procure praticar o máximo possível. A construção de um bom texto depende muito mais da transpiração que da inspiração. Dessa maneira, o aluno que pretende se sair bem precisa escrever toda semana, manter o ritmo e a concentração. Para dar mais argumentos e ideias ao texto é importante que o aluno leia o máximo possível, acompanhe sites de notícias, busque jornais e revistas com frequência. O estudante que conseguir desempenhar essas tarefas certamente será bem sucedido.

Alison Leal Pêgo, professor de redação e português
Percurso Pré-vestibular e Enem (Belo Horizonte) - http://www.epercurso.com.br
Temas:

  • Os impactos sociais do Bullying.
  • Portadores de deficiência, igualdade e inclusão social.
  • A questão da alimentação no Brasil (mau uso ou desperdício de comida).

Dicas para a prova:
Independente do tema a cair no Enem 2016, o candidato deve lembra-se de que ele deverá escrever não sobre um tema, mas acerca de uma proposta de redação. Isso significa que o aluno não deve se limitar ao tema, mas  deve também compreender a proposta – o tema mais os textos motivadores. Isso é exigido na competência II. Para atender a esse aspecto, é imprescindível que o escritor leia cada texto da coletânea e entenda  as ideias principais dos textos, as quais devem abordadas na escrita da redação. O aluno deve dialogar com elas, expandindo-as com o repertório cultural construído na vida escolar do aluno.

Márcio Augusto, professor de redação e português
Sophis Pré-vestibular
(Divinópolis) - http://sophiseducacional.com.br/
Temas:

  • Combate à homofobia no Brasil.
  • Intolerância religiosa.
  • Privatização em debate no Brasil.

Dicas para a prova:
Para ter um bom desempenho, a pessoa precisa entender que é preciso ter bom repertório cultural, estar atenta às notícias. Ao escrever, é preciso atenção total na ortografia e na pontuação, principais dificuldades dos alunos de pré-vestibular. Além disso, saber ligar bem as ideias, com frases curtas e bem construídas. Para finalizar o texto, é muito importante saber elaborar uma proposta de intervenção coerente com a argumentação, e delimitar muito bem o que é proposto, quem fará e como será realizada a intervenção.



Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600