SIGA O EM

Entenda as estatísticas por trás da prova do ITA

ITA, a verdade inconveniente

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1003179, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Percurso/Divulga\xe7\xe3o', 'link': '', 'legenda': 'Um dos maiores especialistas na prova do ITA em Minas, o prof. Pedro "Jesus" Bittencourt comenta as estat\xedsticas.', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/01/13/724690/20160113141800606750u.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1003180, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Fonte - http://www.vestibular.ita.br/', 'link': '', 'legenda': 'Apenas um candidato de Belo Horizonte foi aprovado no ITA.', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/01/13/724690/20160113142154427445o.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 13/01/2016 13:51 / atualizado em 18/02/2016 10:26

Prof. Pedro Bittencourt



No penúltimo dia do ano de 2015, 30 de dezembro, o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) divulgou os dados estatísticos relativos ao exame vestibular de 2016 e a lista de candidatos convocados para fazer parte dessa renomada instituição. Como era de se esperar, as provas do vestibular abordaram um conteúdo extremamente denso e questões de altíssimo nível, com certeza selecionando os melhores candidatos.

Percurso/Divulgação

Dentre as estatísticas divulgadas pelo ITA, podemos perceber a grande diferença no número de candidatos convocados em cada estado. Enquanto no estado do Ceará foram 61 convocados, no estado de Minas Gerais apenas uma pessoa foi convocada. Qual é o motivo dessa enorme diferença? O que os alunos cearenses fazem diferente dos mineiros?

Fonte - http://www.vestibular.ita.br/

A diferença não está na inteligência e capacidade dos mineiros e. muito menos, na qualidade dos professores em relação aos cearenses. No Ceará, os alunos se dedicam mais e iniciam sua preparação para as provas no 1º ano do ensino médio e, mesmo se não conseguem passar na primeira tentativa, insistem e tentam novamente. Em Minas Gerais, os alunos tem pouca compreensão do grau de dificuldade desse exame e só iniciam sua preparação no 3º ano do ensino médio e, muitas vezes, desistem após a primeira tentativa e ingressam em outra instituição. Além disso, o Ceará possui vários cursos preparatórios especializados nesse tipo de prova, enquanto Minas Gerais possui poucas alternativas. Lembrando que a dinâmica de um curso para o ITA é muito diferente se comparada a um preparatório para o Enem e outros vestibulares.

Visando contribuir para a melhoria dos índices de aprovação dos candidatos de Minas Gerais, o portal UAI e o Percurso Pré-vestibular irão lançar em 2016 aulas pontuais e dicas específicas para o ITA. Se o aluno desejar ir além, o Percurso irá incluir na seu preparatório on-line mais informações, exercícios e conteúdos específicos complementares para o ITA/IME. A ideia é ajudar no entendimento do vestibular mais difícil do país. Dessa forma, espera-se que os mineiros e todos os interessados possam subir nas estatísticas e estudar nas melhores instituições do país.

Mais informações sobre cursos presenciais em Belo Horizonte ou online para o ITA, entre em contato em suporte@epercurso.com.br.

Pedro "Jesus" Bittencourt é professor de Matemática do Percurso Pré-vestibular e Enem.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600