SIGA O EM

Oito coisas que você não sabia sobre o Enem

Separamos algumas dicas que, se aplicadas no dia da prova, vão otimizar seus resultados e te ajudar a garantir uma vaga na universidade para o próximo ano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1083781, 'arquivo_grande': '', 'credito': '', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/01/820191/20161101165533764022e.gif', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1083782, 'arquivo_grande': '', 'credito': '', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/01/820191/20161101165633565307u.gif', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1083783, 'arquivo_grande': '', 'credito': '', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/01/820191/20161101165652344877e.gif', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1083784, 'arquivo_grande': '', 'credito': '', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/01/820191/20161101165707676978u.gif', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1083785, 'arquivo_grande': '', 'credito': '', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/01/820191/20161101165725606126a.gif', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1083786, 'arquivo_grande': '', 'credito': '', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/01/820191/20161101165738421312e.gif', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1083787, 'arquivo_grande': '', 'credito': '', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/01/820191/20161101165758820337i.gif', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1083788, 'arquivo_grande': '', 'credito': '', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/01/820191/20161101165811740970a.gif', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 01/11/2016 16:37 / atualizado em 01/11/2016 17:09

Correio Braziliense

Se preparar para o Enem é algo que deve ser feito com calma, desde o início do ano, com rotinas de estudo diárias, apoio da escola e de cursinhos e também muita dedicação. A essa altura da prova, você já está craque em dicas de estudo, concentração e também no conteúdo. Então, conversamos com vários professores especializados no Enem e separamos algumas dicas que, se aplicadas no dia da prova, vão otimizar seus resultados e te ajudar a garantir uma vaga na universidade para o próximo ano! Confira oito coisas que a prova mais famosa do Brasil é e você não sabia:

1- Um jogo de pega-varetas


A prova é separada em três tipos de questão: fáceis, médias e difíceis; e você só tem 3 minutos para resolver cada uma delas. Outro detalhe importante é que a pontuação de cada questão varia de acordo com o seu desenvolvimento geral na prova, ou seja, você pode acertar a mesma quantidade de perguntas que o seu amigo e ainda assim tirar notas diferentes, dependendo da dificuldade dos acertos. Então, a melhor forma de fazer a prova é garantindo de primeira todas as fáceis e em seguida fazendo as médias, pois assim sobra mais tempo para refletir sobre as difíceis, e aí você tem mais chances de acertar. Agora, preste atenção: como em um jogo de pega-varetas, na medida em que você tira as mais fáceis, a dificuldade das outras diminui. Use as informações das questões fáceis para resolver as outras!


PS: isso significa também que é bom deixar para fazer a redação após a prova, pois com certeza o tema será citado várias vezes ao longo das questões e, então, você terá mais informações na hora de escrever.


2- Desafiante da lógica


A prova não é para avaliar sua capacidade de decorar, se não este item se chamaria jogo da memória. O grande objetivo das questões é saber se você consegue entender a lógica dos processos e aplicá-los em diversas situações. Mesmo que você não lembre uma fórmula específica ou uma data, tente analisar o contexto e montar uma linha de raciocínio. Aproveite também os conhecimentos que adquiriu ao longo da vida, pois as perguntas tendem a seguir a realidade do cotidiano. Então, em uma questão que peça para calcular os gastos com energia de uma casa, por exemplo, provavelmente o resultado vai ser parecido com o valor da conta que os seus pais pagam todo mês.


3- Escorpiano


O Enem, por coincidência, ou não, depende do que você acredita, possui as características do signo do mês: escorpião. Extremamente realista, como foi dito no item anterior, e muito representativo. Então fique ligado nas imagens e gráficos que acompanham as questões, pois muitas das vezes a resposta está lá. Outro detalhe é que se mantém muito bem informado, um leitor ávido de jornais, revistas e livros, assim como espectador de notícias de rádio e TV. Não perca tempo e aproveite essa semana para ficar em dia com os principais acontecimentos dos últimos meses no Brasil e no mundo. Por fim, para se dar bem com ele é preciso ter autoconfiança, então, tenha em e mente que o conteúdo foi estudado da melhor forma possível e relaxe. Fazer a prova com nervosismo pode tirar sua atenção e você pode acabar caindo em alguns peguinhas.


4- Politicamente correto


Um dos princípios básicos do Enem é trazer aos candidatos noções de valores éticos e sociais, favoráveis ao meio ambiente, aos direitos humanos, à saúde, à justiça social, entre outros. Então fique atento, pois a alternativa correta geralmente vai trazer um desses conceitos, da mesma forma que os itens que forem contra esses valores estão certamente errados, como uma espécie de lição de moral.

5- Perfeccionista

Nenhuma informação disponibilizada está lá por acaso: tudo que compõe a questão foi minuciosamente pensado para que fosse necessário à sua resolução. Então, antes de marcar sua resposta reflita: você realmente levou em consideração todos os dados disponíveis? Inclusive os que compõe a imagem? As informações de autor e data que ficam embaixo do texto? As referências que o enunciado faz a algum assunto? É muito importante também lembrar que para tudo na vida existem exceções, portanto fique atento a alternativas que contenham palavras como “nunca”, “sempre” e outras variantes.

6- Praticamente o Enem

A quantidade e o tamanho dos textos que são disponibilizados na prova tornam humanamente bem difícil ler tudo com atenção mais de uma vez e ainda responder todas as questões, logo, otimize seu tempo com a prática de leitura rápida. Primeiro, examine o título e demais marcações, como cabeçalho, trechos em negrito ou itálico, informações de autor, entre outros. Depois, leia a primeira e a última frase de cada parágrafo: assim você vai saber do que se trata cada um deles e também vai ter uma noção geral sobre o que o texto aborda. Na hora de responder as questões, você vai saber onde achar a informação que o item cobra, e aí é só ler com cuidado.


7- Aquele 1% Safadão


O cara é sério, mas faz uma brincadeirinha de vez em quando. Já foram identificados dois tipos de questão zoeira na prova. O primeiro tipo é aquele que tem duas alternativas absurdas, uma que pensando um pouco você consegue eliminar e, por fim, sobram duas muito próximas, que podem te deixar em dúvida. Então, se você identificar duas respostas muito absurdas, provavelmente estará se deparando com esse tipo de questão. Mas tome cuidado, pois se achar quatro alternativas muito parecidas e uma única destoante, você pode estar diante do segundo tipo, no qual a probabilidade de ela ser correta é altíssima. Teste-a primeiro.


8- BIIIIIIIIIIIIIIIIIIRL


Para aumentar a concentração na hora de fazer a prova, é interessante se alimentar direitinho, então leve um lanchinho saudável e pensado especialmente para ajudar o seu cérebro a raciocinar. Comidinhas que contenham aveia são ideais, pois além de não serem muito calóricas e não pesarem no estômago, dando aquele sono incontrolável, elas te mantêm saciado por um tempo maior. Assim, você não se distrai toda hora com fome. Levar um pedacinho de chocolate amargo também é uma boa pedida, pois ele aumenta o nível de serotonina e endorfina no corpo, substâncias fundamentais para a concentração. Ele também é fonte de antioxidante e ajuda a controlar a pressão do sangue, melhorando o fluxo sanguíneo no cérebro e aumentando a capacidade de memória. Mas não exagere, um quadradinho na tarde já é o suficiente. Nozes, amêndoas e pistache contêm altos níveis de ácidos gordurosos que ajudam a melhorar a performance do cérebro, além de terem uma quantidade considerável de ferro, o que aumenta a oxigenação no cérebro e, consequentemente, a atenção e a habilidade de reter informações.

E não perca, neste sábado e domingo, divulgação do gabarito extra-oficial das provas do Enem, em parceria do Portal Uai, Estado de Minas e Chromos.

 


 



Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600