SIGA O EM

Para jovens, 'preguiça de ler' e internet são responsáveis por erros de português

Pesquisa mostrou que 40% dos estudantes são reprovados nas seleções para estágio por apresentarem maus resultados em testes ortográficos e redações

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 07/06/2016 12:37 / atualizado em 07/06/2016 12:42

Agência Estado

São Paulo, 07 - Principal responsável pela eliminação de candidatos às vagas de estágio, o uso incorreto da língua portuguesa é justificado pelos jovens como "preguiça de ler". Pesquisa, realizada pelo Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube), mostrou que 40% dos estudantes são reprovados nas seleções para estágio por apresentarem maus resultados em testes ortográficos e redações.

Para entender porque os candidatos cometem tantos erros em português, o Nube fez uma pesquisa com 11,6 mil jovens de 15 e 26 anos, faixa etária com maior reprovação.

O principal motivo apontado pelos entrevistados para o uso incorreto do português é que "as pessoas têm preguiça de ler", a resposta foi dada por 32,7% dos participantes. A segunda resposta mais dada pelos entrevistados foi "terem se acostumado com o português abreviado nas redes sociais", com 28,9%.

"Alguns se condicionam muito com esse tipo de 'escrita encurtada' e acabam por cometer erros, tanto na elaboração de algum texto, quanto no envio de um simples e-mail profissional", disse Erick Sperduti, coordenador de recrutamento e seleção do Nube.

Entre os entrevistados, 22,3% ainda disseram "não haver incentivo para a leitura no Brasil", 13,4% apontaram como causa a "baixa formação dos candidatos" e apenas 2,6% disseram acreditar que "as empresas exigem muito dos candidatos".
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600