SIGA O EM

Mais de oito mil pessoas buscam sonho de conquistar diploma de um curso superior

Concurso promovido pelo Grupo Ânima e pelos Diários Associados mobiliza milhares de candidatos nos câmpus da UNA e do Uni-BH em busca de chances de um futuro melhor

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1008709, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': 'Representantes das institui\xe7\xf5es de ensino superior e do maior grupo de m\xeddia de Minas Gerais abrem os port\xf5es para a seletiva que vai indicar os ganhadores de 50 bolsas', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/02/28/738324/20160228081230952448e.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1008710, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': 'No c\xe2mpus Aimor\xe9s da UNA, J\xfalia Cristina Alves entrou na batalha pelo diploma', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/02/28/738324/20160228081241494568o.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1008711, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': 'Candidatos fizeram provas tamb\xe9m no c\xe2mpus Buritis do UniBH. Resultado sai ter\xe7a', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/02/28/738324/20160228081252287890a.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 28/02/2016 06:00 / atualizado em 28/02/2016 08:37

Guilherme Paranaiba

Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press

Mais de 8 mil pessoas e um sonho em comum: conquistar um diploma e garantir o futuro por meio de um curso superior. Esse foi o público mobilizado pelo concurso “Você, universitário”, que reuniu ontem candidatos a 50 bolsas de estudo no Centro Universitário UNA e no Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH). A parceria que viabilizou a oferta, firmada entre o Grupo Ânima, responsável pelas duas universidades, e os Diários Associados, maior conglomerado de mídia de Minas Gerais, criou uma oportunidade para muitas pessoas que não têm condições de arcar com os custos de uma faculdade particular e enxergaram na promoção uma oportunidade para a carreira. Os 8,3 mil inscritos fizeram as provas ontem e agora esperam com ansiedade o resultado, que sairá na terça-feira.

Às 13h30, as portas do câmpus Aimorés da UNA, no Bairro Funcionários, Centro-Sul de Belo Horizonte, foram abertas pelo diretor de Operações em Minas Gerais do Grupo Ânima, Átila Simões da Cunha, pela vice-reitora da UNA, Carolina Marra, pelo diretor-executivo dos Diários Associados, Geraldo Teixeira da Costa Neto, e pela gerente-executiva de Marketing e Comercialização dos Associados, Andreia Zuqui. Os testes de conhecimentos gerais e redação também foram aplicados em outras quatro unidades das duas universidades, entre elas o câmpus Buritis do UniBH. O diretor do Grupo Ânima, Átila Simões, contou que os cursos mais procurados foram direito e psicologia, e que os aprovados serão aqueles que tiverem as maiores notas, desde que façam pelo menos 96 pontos, o que equivale a 80% da prova. Quem se inscreveu para usar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) precisa ter tirado no mínimo 550 pontos no teste.

Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press

“O sucesso desse projeto nos leva a pensar em outras parcerias, porque não imaginávamos esse resultado. Então, certamente a vontade do grupo Ânima e a vontade dos Diários Associados de mudar a realidade do Brasil vão se unir em novos projetos, e não vai demorar muito”, afirmou Átila Simões, que desejava boa sorte a todos os candidatos que passavam pelo portão do câmpus Aimorés. Um deles foi o eletricista Cidiomar Jorge Cardoso, de 33 anos, que buscava uma chance de cursar engenharia elétrica. “Quantas pessoas não lutam por uma chance dessas? É uma oportunidade única na vida. Terminei o ensino médio em 2014 e vim pela fé e conhecimento que já tinha. Meu sonho é entrar na faculdade, mas neste momento não tenho condições de pagar, pois estou desempregado”, afirma.

Natália Maria Costa, de 18, levou a mãe, Suzana Márcia, de 48, para fortalecer a corrente positiva e torcer por ela. “Estou sonhando demais com essa bolsa; vai me ajudar muito a fazer o curso de biomedicina”, conta Natália. A mãe diz que não teria condições, no momento, de arcar com os custos do ensino superior. “Viemos juntas e voltaremos juntas. Esperamos que seja com a bolsa que vai abrir as portas para a Natália”, torcia Suzana.

Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press

O sonho de Júlia Cristina Alves, de 17, é virar jornalista esportiva. “Tomara que eu saia com essa bolsa. Não tem problema nenhum se eu ficar com a última nota, o importante é ganhar o desconto”, planejava ela, que estudou a maior parte da vida em escola pública e não teria condições de arcar com a mensalidade.

Das 50 bolsas oferecidas, 25 serão integrais e as demais terão desconto de 75%. A gerente-executiva de Marketing e Comercialização dos Diários Associados, Andreia Zuqui, lembra ainda que os cerca de 8,3 mil candidatos terão direito a um mês de assinatura digital do jornal Estado de Minas, acessível por computadores, tablets e smartphones. Os 50 aprovados terão o mesmo benefício por seis meses. “Mesmo com todas as dificuldades pelas quais o país está passando, as pessoas querem crescer e querem construir um Brasil melhor. O Grupo Ânima é uma fábrica de transformação social pelo conhecimento e nós temos as ferramentas para fazer com que o trabalho deles alcance o maior número de pessoas”, afirma Andreia Zuqui.

A vice-reitora da UNA, Carolina Marra, destacou que o tamanho do público interessado no “Você, universitário” indica uma situação favorável às mudanças de que o país precisa. “Mostra, por um lado, que as pessoas querem estudar e também revela que os canais dos Diários Associados são de confiança do público”, afirma. Já a reitora em exercício do UniBH, Vânia Café, lembra que a parceria é importante principalmente em um contexto de crise econômica e financeira, quando mecanismos de financiamento estudantil perderam força. “As pessoas desejam educação continuada, querem se qualificar e percebem que estudar é possível. Essa experiência serviu como um laboratório e nos faz pensar em muitas outras”, destaca.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600