SIGA O EM

Medicina é o curso com maior nota de corte na UFMG

Engenharias aeroespacial e química estão na segunda e terceira posições. Veja abaixo tabela com notas exigidas por cada curso na modalidade ampla concorrência

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 13/01/2016 14:59 / atualizado em 13/01/2016 15:03

Daniel Camargos /

Levantamento do Estado de Minas mostra quais são as notas de corte dos cursos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). As notas consideram os candidatos que concorrem na modalidade concorrência ampla, ou seja sem levar em conta as notas para 50% dos cursos reservados a diferentes tipos de cotas. Até o momento, pois a nota indicada pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ainda não é definitiva, a maior nota exigida é para quem quer estudar medicina, seguido por engenharia aeroespacial e engenharia química. Os três que exigem as notas mais baixas são biblioteconomia, arquivologia e aquacultura. O prazo para quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio se inscrever no Sisu é até quinta-feira.

O Ministério da Educação divulgou, na manhã de hoje, as notas de corte – modalidade ampla concorrência – dos 6.323 cursos de 131 instituições públicas de educação superior de todo o país que terão suas vagas preenchidas por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As notas podem ser consultadas no site do Sisu. As inscrições se encerram na quinta-feira, às 23h59. São 228 mil vagas em disputa em todo o país. A UFMG oferece 6.279 vagas.

Divulgada diariamente no portal do Sisu, a nota de corte varia sempre, pois é calculada com base no número de vagas disponíveis e no total de candidatos inscritos para aquele curso, por modalidade de concorrência. O número é apenas uma referência para o candidato monitorar sua inscrição e não garante seleção para as vagas oferecidas.

Durante o período de inscrição, o candidato também pode consultar, em seu boletim, sua classificação parcial na opção de curso escolhido. A classificação parcial é calculada a partir das notas dos candidatos inscritos na mesma opção. Ela também é apenas uma referência para o estudante. O sistema permite que o candidato monitore as notas e mude as inscrições quantas vezes quiser até o prazo final.

Ao se inscrever no Sisu, o participante pode escolher até duas opções de curso, por ordem de preferência. É possível mudar essas opções durante todo o período de inscrição. O candidato também precisa definir se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência, às reservadas à lei federal de cotas ou às vagas destinadas às demais políticas afirmativas das instituições de ensino superior.

Curso Turno Nota de corte (recrutamento amplo)

M = Matutino / N = Noturno  / V = Vespertino / I = Integral


Medicina I 804,40

Engenharia aeroespacial M 788,48

Engenharia química M 783,78

Engenharia mecânica M 776,78

Direito M 767,34

Engenharia elétrica M 763,88

Arquitetura e urbanismo M 763,16

Engenharia de Produção M 753,90

Engenharia civil M 751,70

Direito N 750,90

Engenharia mecânica N 749,00

Ciências Econômicas M 748,82

Arquitetura e urbanismo N 745,82

Biomedicina N 744,72

Psicologia M 743,52

Relações econ. internaci. N 742,74

Ciência da Computação M 741,88

Jornalismo M 741,42

Engenharia de contr. e auto M 739,46

Publicidade e propaganda M 735,12

Geologia M 734,58

História M 730,06

Engenharia ambiental M 729,98

Engenharia de contr. e auto N 729,80

Odontologia M 728,66

Administração M 726,06

Medicina veterinária M 725,48

Engenharia de Minas M 723,58

Jornalismo N 723,34

Física M 722,08

Relações Públicas M 719,30

Administração N 718,48

Engenharia Metalúrgica M 717,56

Ciências Biológicas M 716,96

Engenharia de sistemas N 715,94

Química M 714,18

Matemática ocupacional M 713,48

Sistema de informação N 709,64

Filosofia M 708,9

Controladoria e finanças M 708,56

Ciências Contábeis N 704,30

Fisioterapia M 702,12

Enfermagem M 701,78

História N 700,74

Farmácia M 699,72

Ciências do Estado V 698,92

Química tecnológica N 698,72

Física N 697,38

Nutrição M 697,36

Ciências Sociais M 696,16

Antropologia N 695,00

Filosofia N 694,94

Ciências Biológicas N 688,98

Ciências Socioambientais N 688,32

Química N 687,46

Gestão pública N 685,50

Matemática M 685,44

Matemática N 684,30

Ed. Física (bacharelado) M 683,82

Ed. Física (bacharelado) N 683,56

Letras M 683,08

Estatística M 682,32

Geografia M 681,28

Farmácia N 678,82

Ciências Atuarias M 678,22

Fonoaudiologia M 673,12

Conservação e restauração M 669,60

Turismo N 656,34

Letras N 655,36

Geografia N 652,50

Ed. Física (licenciatura) M 649,36

Terapia ocupacional M 648,32

Museologia M 643,80

Pedagogia M 637,30

Radiologia N 634,90

Biblioteconomia N 633,70

Gestão de serviços e saúde N 631,56

Aquacultura M 631,52

Arquivologia N 629,24

Biblioteconomia M 621,90
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600