SIGA O EM

Inscrições para o Sisu começam nesta segunda; UFMG faz seleção única

Inscrições no Sisu para ingresso em instituições públicas têm início hoje e parte dos candidatos ainda precisa resolver pendências para acessar a nota

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 988791, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Gladyston Rodrigues/EM/DA Press', 'link': '', 'legenda': 'Estudantes em dia de prova do Enem: neste ano, notas do teste dar\xe3o acesso a 228 mil vagas distribu\xeddas em 131 universidades p\xfablicas', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/01/11/723807/20160111074210986327i.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}]

postado em 11/01/2016 06:00 / atualizado em 11/01/2016 07:44

Paulo Henrique Lobato /Enviado Especial

Gladyston Rodrigues/EM/DA Press

As inscrições para a primeira edição deste ano do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam hoje, exclusivamente pela internet, e vão até as 23h59 de 14 de janeiro (horário de Brasília), mas nem todos os candidatos tiveram acesso às notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), divulgadas no fim da tarde de sexta-feira. A pontuação é requisito para a disputa por uma das 228 mil vagas oferecidas em 131 instituições públicas de ensino superior.


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que se trata de casos pontuais, como documentação ou informação incompletas, e que o candidato que ainda não teve acesso às notas pode entrar em contato pelo telefone 0800-616161.

O resultado da chamada regular será divulgada em 18 de janeiro, com as matrículas agendadas, nas próprias instituições de ensino, em 22, 25 e 26 desse mês.

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a maior do estado, vai ofertar 6.279 vagas neste ano. Com base na Lei 12.711, de 29 de agosto de 2012, a instituição informou que “em 2016, passa a reservar, no mínimo, 50% das vagas em cursos de graduação para estudantes que tenham cursado o ensino médio integralmente em escolas públicas brasileiras”.

Os candidatos devem ficar atentos, pois todas as vagas, inclusive as dos cursos com início previsto para o segundo semestre deste exercício, precisam ser preenchidas nessa edição do Sisu. Ao contrário dos últimos dois anos, desta vez a UFMG não selecionará alunos na segunda edição do sistema unificado.

A universidade justificou a mudança em razão de dificuldades logísticas em dois processos e por causa do crescimento de vagas ociosas proporcionada pela mobilidade do sistema. Afinal, a mesma nota do Enem permite ao aluno disputar uma vaga em cursos diferentes numa única universidade ou em instituições diferentes. No caso da UFMG, cerca de 5% dos aprovados em cada edição do Sisu já eram alunos matriculados na própria instituição.

O postulante a uma vaga nas universidades públicas precisa inserir, no Sisu, o número de inscrição e a senha usados no Enem. No término das inscrições, às 23h59 de 14 de janeiro, ocorre a seleção automática. O sistema vai classificar os alunos, levando em conta a nota no Enem, as opções de cursos e modalidade de vagas.

Os selecionados para a UFMG farão o pré-registro entre 22 e 26 deste mês e, posteriormente, serão convocados pelo Departamento de Controle e Registro Acadêmico (DRCA) para a efetivação da matrícula, quando deverão apresentar os documentos exigidos. O período letivo deste semestre começa em 3 de março.

EXCEÇÃO Nem todos os cursos serão preenchidos na UFMG pelo Sisu. A universidade informou que contarão com seleção própria os de licenciatura em educação do campo e formação intercultural para educadores indígenas.

Da mesma forma, os postulantes aos cursos presenciais de artes visuais, cinema de animação e artes digitais, dança, design, design de moda, música e teatro terão de ser aprovados em processo específico da própria instituição.

Segunda chamada começa no dia 18

O candidato que não for selecionado numa das 131 universidades públicas na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou que tiver deferido apenas a segunda opção de curso terá nova chance de se matricular na área que deseja a partir de 18 de janeiro. É quando o Sisu abrirá a lista de espera, também conhecida como segunda chamada. As inscrições poderão ser feitas, também exclusivamente pela internet, até as 23h59 de 29 de janeiro.

Mas atenção: o aluno só poderá se inscrever na lista de espera para o curso que marcou como primeira opção quando fez a última prova do Enem, em outubro de 2015. As instituições de ensino vão começar a convocar os postulantes dessa lista a partir de 4 de fevereiro.

A expectativa pela lista dos selecionados em cada universidade pública é grande, como indica a ansiedade gerada em torno da nota do Enem. Na sexta-feira, quando as notas do Enem foram divulgadas, os candidatos ficaram apreensivos com a demora. A pontuação só foi disponibilizada no fim da tarde. Aproximadamente 57 milhões de pessoas fizeram as provas.

Muita gente recorreu às redes sociais para reclamar ou, com bom humor, aproveitar a situação para criar memes debochando da espera. Para se ter ideia, o assunto ficou entre os mais citados na sexta-feira no twitter.

Além de serem usadas na disputa do Sisu, as notas do teste servem para obter bolsas integrais ou parciais em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (Pro-Uni) e para acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para participar dos programas, o estudante não pode ter zerado a redação e precisa obter pelo menos uma média de 450 pontos nas demais provas do Enem.

A nota permite ainda a obtenção da certificação do ensino médio, desde que a solicitação tenha sido feita na horaq da inscrição por candidato com mais de 18 anos. Nesse caso, é ncessário ter obtido pelo menos 450 pontos em cada uma das provas e 500 ou mais na redação. Outro uso é para participar do do programa de intercâmbio acadêmico Ciência sem Fronteiras e do Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec).

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600