SIGA O EM

Saem as notas do Enem; resultados estão disponíveis na internet

Nota poderá ser usada para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior em todo o país

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 988452, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Marcos Vieira/EM ', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/01/08/723198/20160108120857903081u.enem8', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 08/01/2016 18:09 / atualizado em 08/01/2016 19:34

Daniel Camargos /

O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi divulgado nesta sexta-feira, por volta das 18h, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os 5,7 milhões de candidatos que fizeram as provas em outubro do ano passado saberão quanto tiraram em cada uma. Os resultados estão disponíveis na internet, na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Praticamente uma hora após a divulgação do resultado, estudantes reclamam que não conseguem ter acesso à nota da redação. No site, aparecem apenas as notas das provas objetivas, A reportagem do EM entrou em contato com a assessoria de imprensa do Inep, mas não obteve a explicação.  Por volta das 19h15, o Inep publicou uma nota no Twitter alertando para a necessidade de os estudantes atualizarem o navegador e limparem o cache. Assim, muitos deles conseguiram ver a nota da redação. 

Os resultados individuais de desempenho do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 estão disponíveis para consulta na Página do Participante. Para ter acesso às notas, basta informar o CPF e a senha cadastrada no ato da inscrição.

Clique aqui para ver sua nota no site oficial do Inep:

A nota do Enem poder ser usada para participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior em todo o país. As inscrições começam na segunda-feira e vão até quinta-feira da próxima semana. Serão ofertadas 228 mil vagas e para concorrer o candidato não pode ter tirado zero na redação.

O resultado foi divulgado apenas no final da tarde e a demora levou os inscritos a uma agonia. Vários foram às redes sociais e com bom humor criaram memes debochando da espera. No twitter, o assunto ficou entre os mais citados durante todo o dia. 

Os estudantes terão acesso a uma tabela com a nota obtida em cada uma das provas: linguagens, matemática, ciências humanas, ciências da natureza e redação. Eles ainda não terão, porém, acesso ao espelho da redação, com a correção mais detalhada do texto, que será divulgado posteriormente.

Como o Inep não informou a hora exata da divulgação, a partir da 0h de hoje o exame já estava entre os tópicos mais comentados no Twitter. A página do Inep chegou a ficar fora do ar. Um usuário do microblog comenta: "Sobre as notas do Enem não serem divulgadas à 0h do dia 8, mas os portões fecharem sempre na hora certa. Isso não tá certo". Outro tranquiliza: "Gente, todo ano a nota do Enem só sai lá pelas 10h, sejam menos avexados".

As notas do Enem são calculadas com base na Teoria de Resposta ao Item (TRI), ou seja, o valor de cada item varia de acordo com o número de candidatos que acertaram ou erraram a resposta. Quanto mais candidatos acertarem, mais fácil é considerado o item e menos vale. Ao contrário, se menos candidatos acertarem, o item é considerado difícil e vale mais.

SISU
A nota do Enem poderá ser usada para participar de programas como o Sistema de Selação Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior em todo o país. As inscrições poderão ser feitas de 11 a 14 de janeiro. Nesta edição serão ofertadas 228 mil vagas. Para participar, o candidato não pode ter tirado 0 na redação.

A nota poderá ser usada também para obter bolsas de estudo integrais ou parciais em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para participar dos programas, o estudante não pode ter zerado a redação e precisa obter pelo menos uma média de 450 pontos nas demais provas do Enem.

Para obter a certificação do ensino médio, é preciso ter feito a solicitação no início do ano, na hora da inscrição,ter mais de 18 anos e ter obtido pelo menos 450 pontos em cada uma das provas e 500 pontos ou mais na redação.

A nota pode ser usada também para participar do programa de intercâmbio acadêmico Ciência sem Fronteiras e do Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos. (Com agências)

Tags: resultado enem
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600