SIGA O EM

Plano de Educação de BH teve apro­va­ção tu­mul­tu­a­da

Foi apro­va­do o blo­co de emen­das que bar­ra­vam as bre­chas pa­ra o que foi con­si­de­ra­do por par­te dos ve­rea­do­res co­mo "ideo­lo­gia de gê­ne­ro"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 975562, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'T\xfalio Santos/EM/DA Press', 'link': '', 'legenda': 'Grupos contr\xe1rios \xe0 "filosofia de g\xeaneros" e representantes do Sind\'Rede lotaram as galerias da C\xe2mara', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/12/17/718121/20151217074629608548u.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}]

postado em 17/12/2015 06:00 / atualizado em 17/12/2015 08:19

Márcia Maria Cruz /Estado de Minas

Túlio Santos/EM/DA Press

O Pla­no Mu­ni­ci­pal da Edu­ca­ção foi apro­va­do por 34 vo­tos a um de­pois de uma ses­são con­tur­ba­da na Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal de Be­lo Ho­ri­zon­te na tar­de de on­tem. De­pois de acor­do en­tre opo­si­ção e o go­ver­no, fo­ram vo­ta­dos, em se­pa­ra­do, três blo­cos de emen­das. No pri­mei­ro blo­co fo­ram in­cluí­das as emen­das do go­ver­no e as pro­pos­tas pe­la ba­se cris­tã, os ou­tros dois blo­cos in­cluí­ram emen­das apre­sen­ta­das pe­la co­mis­são de edu­ca­ção. Foi apro­va­do o blo­co de emen­das que bar­ra­vam as bre­chas pa­ra o que foi con­si­de­ra­do por par­te dos ve­rea­do­res co­mo “ideo­lo­gia de gê­ne­ro”. Fo­ram 32 vo­tos. Os ve­rea­do­res Ar­nal­do Go­doy, Pe­dro Pa­trus e Tar­cí­sio Cai­xe­tas, to­dos da ban­ca­da do PT, fo­ram con­trá­rios.

O de­ba­te em tor­no da ques­tão de gê­ne­ro nas es­co­las ocu­pou a maior par­te da ses­são, que du­rou três ho­ras, re­du­zin­do a dis­cus­são so­bre emen­das que pro­pu­nham a va­lo­ri­za­ção sa­la­rial dos pro­fis­sio­nais. To­da a ses­são foi acom­pa­nha­da por re­pre­sen­tan­tes de gru­pos cris­tãos, da Re­de Ci­da­dã de Pais e Re­de Es­ta­dual de Ação pe­la Fa­mí­lia di­vi­di­ram as ga­le­rias com pro­fes­so­res e re­pre­sen­tan­tes do Sin­di­ca­to dos Tra­ba­lha­do­res em Edu­ca­ção da Re­de Pú­bli­ca de Be­lo Ho­ri­zon­te (Sind-Re­de). Em di­ver­sos mo­men­tos, hou­ve ba­te-bo­ca en­tre os gru­pos, que ti­nham en­ten­di­men­to dis­tin­tos so­bre a in­clu­são da dis­cus­são de gê­ne­ro nas es­co­las.

Li­de­ra­dos pe­lo ve­rea­dor Au­tair Go­mes (PSC), o gru­po de ve­rea­do­res que era con­tra a dis­cus­são de gê­ne­ro nas es­co­las de­fen­deu que ca­be à fa­mí­lia e não à es­co­la o pa­pel de edu­car quan­do se tra­ta de orien­ta­ção se­xual. “A ques­tão da se­xua­li­da­de de­ve ser dis­cu­ti­da pe­los pais ou ou­tros nú­cleos de que eles fa­çam par­te, não pe­la es­co­la. As emen­das so­bre as quais nos de­bru­ça­mos eram as que tra­ta­vam da ques­tão de gê­ne­ro. Qual­quer in­si­nua­ção ou bre­cha que po­de­ria ter à ideo­lo­gia de gê­ne­ro não foi con­tem­pla­da”, dis­se o ve­rea­dor que é con­trá­rio a ba­nhei­ros unis­sex nas es­co­las. O ve­rea­dor Adria­no Ven­tu­ra (PT) in­for­mou que as emen­das pro­pos­tas pe­lo blo­co cris­tão ob­je­ti­vam pre­ve­nir a in­clu­são ou alu­são da ques­tão de gê­ne­ro na edu­ca­ção for­mal de BH. “O en­si­no de edu­ca­ção se­xual, in­tro­du­ção de ter­mos li­ga­dos à re­li­gião, to­do es­se ti­po de ex­pres­são foi su­pri­mi­do do pla­no.”

Fo­ram re­jei­ta­das emen­das pro­pos­tas pe­la Sind-Re­de. “O pla­no, de 10 anos, não ga­ran­tiu ne­nhum ti­po de di­rei­to ao pro­fes­so­ra­do. Com cer­te­za, es­ta­mos dan­do aval pa­ra, no fu­tu­ro, ter­mos no­vas gre­ves”, dis­se o ve­rea­dor Adria­no Ven­tu­ra (PT), que foi con­tra a in­clu­são da dis­cus­são de gê­ne­ro e a fa­vor da va­lo­ri­za­ção dos pro­fes­so­res.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600