SIGA O EM

É hoje

Deixar mente tranquila é essencial para enfrentar maratona do Enem

Especialistas recomendam buscar equilíbrio nas últimas horas antes do exame: ''Dia de prova não é hora de estudar''

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/10/2015 00:12 / atualizado em 24/10/2015 07:53

Márcia Maria Cruz /Estado de Minas

Caneta preta transparente, documento de identidade com foto e disposição para quatro horas e meia de prova deverão ser levados pelos cerca de 7,7 milhões de candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que começa neste sábado em todo o Brasil. Em Minas, cerca de 865 mil estudantes fazem, a partir das 13h30, as provas de ciências humanas e suas tecnologias e ciências de natureza e suas tecnologias. É preciso ficar atento para não perder o horário.

Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, mas os cadernos com as questões só serão entregues meia hora depois. “Os candidatos tiveram um ano cansativo. Eles têm que estar com a mente preparada para enfrentar a competição que é o Enem”, alertou o professor de biologia Ronaldo Alvarenga Carvalho, que conduziu atividades de relaxamento com os alunos do Colégio Padre Eustáquio, no Bairro Padre Eustáquio, na Região Noroeste da capital.

Os professores orientam o estudante a planejar as manhãs antes dos dias de prova. É importante tomar café e fazer um almoço leve, evitando alimentos gordurosos e de difícil digestão. Também é bom estabelecer um tempo para organizar o material e se concentrar.

Leandro Couri/EM/D.A Press


“Tanto hoje quanto amanhã, o foco é no descanso físico. Dia de prova não é hora de estudar”, diz a professora de biologia da Rede Chromos de Ensino Denise Arão. Neste momento, reforça ela, o candidato deve se cercar de sentimentos positivos. “Deve ficar perto de quem o ama e que lhe dê conforto emocional. Tem que manter sempre a confiança”, completa.

O processo de concentração foi feito a semana inteira. Muitos estudantes optaram por atividades relaxantes durante todo o dia de ontem. Olhos fechados, música para acalmar e controlar a respiração. Foi assim que os amigos Rodrigo de Almeida Garcia, Lorena Soares, ambos de 18 anos, e Cinara Evelyn, de 17, afastaram a ansiedade e o estresse. “O relaxamento é bom para que, na hora da prova, a gente esteja tranquilo”, disse Rodrigo, que estudou muito este ano para conseguir pontuação para o curso de medicina da UFMG.

Cinara disse que a concentração é essencial para que ela possa demonstrar o que aprendeu durante os três anos do ensino médio. “Nesta reta final, procurei dormir bem, para, na hora da prova, poder dar o melhor de mim”, disse. Para hoje, Lorena planejou acordar às 10h e tomar um banho gelado. No cardápio do almoço, alimentos ricos em carboidratos para ter energia para a maratona.

“O relaxamento é uma forma de auxiliar os meninos e meninas a se tranquilizar neste momento”, afirma a supervisora do 3º ano do Colégio Padre Eustáquio, Maria José Gonçalves Coelho. Ela orienta o candidato a não fazer nada de extraordinário hoje, que fuja à rotina. “Tem que cuidar da alimentação e pode fazer uma caminhada”, disse.

Em Belo Horizonte, as provas serão realizadas em 141 locais. A BHTrans disponibilizou relação de linhas de ônibus e os horários que atenderão a cada um dos locais de prova.

REDAÇÃO
No domingo, será a vez da prova de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias, com duração de cinco horas e 30 minutos. No valor de 1 mil pontos, a redação pode ser o diferencial para conseguir a tão sonhada vaga no ensino superior.

O professor de produção de texto do Colégio ICJ Matheus Roedel reforça que o aluno deve ler com atenção o enunciado e sugerir uma proposta de intervenção no problema apresentado. A proposta de intervenção, na realidade, representa 20% da nota. É importante que o candidato apresente soluções coletivas, e não formas de intervenção individuais.

É preciso tomar alguns cuidados para não ser eliminado. “Não se pode fazer brincadeiras – como receita de miojo –, sob o risco de ser eliminado”, alerta Matheus.

Não perca hoje, a partir das 20h, o gabarito extraoficial do Chromos/Portal Uai.

Enem digital
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou nesta sexta-feira que um modelo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) virtual será apresentado na próxima semana. “Vamos apresentar o projeto, ainda um piloto, mas muito inovador, que vai nos dar uma boa avaliação ao longo de 2016, de termos uma prova eletrônica”, disse ele. A substituição da prova impressa, para especialistas, é uma tendência para o Enem, o mais importante vestibular do país. Esse modelo, dizem, é até mais preciso para medir proficiência. O MEC também já admitiu que é necessário aumentar o banco de questões.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600