SIGA O EM

Pós-graduação é importante para se qualificar e saber alinhar prática e teoria

Segundo especialista, o ideal é começar a fazer uma ponte entre graduação e pós-graduação já no último período de faculdade. Profissional com essa qualificação tem maiores chances de ganhar mais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/10/2015 06:00 / atualizado em 14/10/2015 19:17

Estado de Minas

Arquivo pessoal
Fim da graduação e um novo dilema: encarar o mercado de trabalho para obter mais experiência ou investir em especialização antes de encarar o mercado de trabalho? A maioria dos jovens vivencia esse impasse logo quando sai da faculdade, seja por falta de oportunidades ou recursos financeiros. Mas uma coisa é certa: o mercado está cada vez mais exigente e o diploma universitário já não é mais um diferencial competitivo.

Segundo o coordenador de MBAs em marketing, vendas, gestão estratégica, negócios e comunicação do Centro Universitário Newton Paiva, Marcos Leão, o ideal é começar a fazer uma ponte entre graduação e pós-graduação já no último período de faculdade. “Para falar sobre isso, vou me valer de uma pesquisa do Senai de São Paulo. Ela diz que alunos que têm pós-graduação chegam a ganhar até 150% a mais do que aqueles que não têm. Profissionalmente, já é um dado muito relevante. A quantidade de pessoas lançadas no mercado é cada vez maior, daí começam a buscar quem tenha diferencial. Por isso, é importante o aluno já começar a pensar na especialização no último período.”

Especialista em carreira, a professora de gestão de pessoas da Fundação Getulio Vargas/Faculdade IBS Francine Oliveira concorda. “Hoje, com todas as mudanças no mercado de trabalho, vai se manter quem estiver mais bem preparado e souber alinhar a prática com a experiência teórica. Um curso de pós-graduação vai direcionar o profissional sem experiência para o mercado de trabalho. Então, ele pode optar por um curso que vá direcioná-lo nesse sentido.”

O mercado busca um profissional polivalente, capaz de atuar em todas as áreas. “Por isso, os recém-formados devem optar por cursos mais abrangentes no conteúdo, como gestão de negócios, projetos, administração de empresas... Eles abrem mais o leque para ingressar no mercado”, diz Francine.

Mas há casos bem específicos, como o dos médicos. “Quanto mais experiência, melhor”, afirma o diretor de pós-graduação da Faculdade de Ciências Médicas, Antônio Vieira Machado. Segundo ele, o médico se forma generalista, mas, quando se vai fazer uma escolha, normalmente, sofre alguma influência dos mestres. Um sujeito que é mais arrojado, no entanto, sempre vai optar por uma especialidade cirúrgica, por exemplo.O mais importante é descobrir a aptidão acima de qualquer coisa, pois é o que se vai fazer pelo resto da vida, é profissão pesada e que consome. Inserir o aluno da graduação mais cedo na relação médico-paciente para ter uma vivência do que mais agrada é o mais importante.” (LS)

DICAS

Como escolher a melhor pós?


» Objetivos
É preciso ter em mente que a melhor pós-graduação é a que está dentro do planejamento financeiro e das expectativas de aprendizado do profissional e, ao mesmo tempo, permite alçar os melhores voos da carreira.

» Peso no currículo
O primeiro critério a ser considerado é avaliar se o curso de pós-graduação considerado será capaz de agregar valor ao currículo ou irá figurar apenas como mais um curso entre muitos.

» Aprendizagem significativa
É aconselhável escolher entre os cursos que possuem abordagens significativas para o conhecimento que você já adquiriu, se vai somar novas especializações e ampliar
o que você já sabe sobre a área.

» Pontes promissoras
Além da qualidade do curso, o estudante deve estender sua visão para as possibilidades que as instituições oferecem, como parcerias com empresas renomadas que fazem a diferença para a formação do profissional.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600