SIGA O EM

MEC publica regra que altera isenção de taxa no Enem para aluno que faltar prova

Objetivo da medida é diminuir índices de abstenção e evitar desperdício de recursos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/05/2015 11:25

Agência Brasil

Portaria do Ministério da Educação publicada nesta sexta-feira, no Diário Oficial da União, determina que candidatos isentos de taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)que não comparecerem nos dois dias de provas de forma injustificada, perderão o benefício para a próxima edição.

O anúncio da nova regra foi feito nessa quinta (14) pela pasta. O objetivo, segundo o governo, é diminuir os índices de abstenção e, com isso, evitar o desperdício de dinheiro público. “As ausências injustificadas de candidatos inscritos no Enem importam, anualmente, em prejuízos vultosos ao Erário”, informou a portaria.

Na edição do Enem do ano passado, dos 8.721.946 alunos inscritos, 2.494.477 faltaram aos dois dias de prova. O número representa índice de abstenção de 28,6%. A maior parte dos faltosos é composta por estudantes isentos da taxa de inscrição.

O ministro da Educação, Renato Janine, destacou que quase 30% das provas do Enem são impressas e transportadas, com infraestrutura e segurança previstas, para alunos que não comparecem. A pasta ainda vai definir quais serão as justificativas aceitas para a ausência de alunos nas provas.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600