SIGA O EM

Colégio de Aplicação da UFRJ retoma aulas dos ensinos fundamental e médio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/05/2015 11:17

Agência Brasil

O Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CAp-UFRJ) retomou nesta sexta-feira (15) as aulas para todas as turmas dos ensinos fundamental e médio, depois de dois dias de paralisação. O colégio, assim como outros campi da universidade, sofre com a falta de pagamento a funcionários terceirizados e pôde retomar as atividades após um mutirão feito nos dias 12 e 13, com profissionais de limpeza de outros setores da UFRJ.

Nos últimos dois dias, só os alunos do 3º ano do ensino médio tiveram aulas. Em nota publicada no site, o colégio anuncia que haverá uma nova reunião do Conselho Pedagógico na tarde de hoje, às 13h30, para avaliar as condições de funcionamento da escola.

Segundo o CAp-UFRJ, oito trabalhadores foram ao colégio na tarde do dia 12 e mais oito continuaram o trabalho na manhã do dia 13. Salas de aula e outras áreas coletivas puderam ser limpas, assim como áreas administrativas. Segundo o colégio, ainda falta limpar a biblioteca, que está há duas semanas sem higienização. Em nota, o colégio alerta para a necessidade de normalização do pagamento, para não cair em uma situação de "ajuda emergencial diária".

"Basta um turno sem manutenção permanente da limpeza para que a escola comece a entrar em declínio, como ocorreu recentemente, gerando, em menos de uma semana, a exaustão desses poucos trabalhadores e o colapso de seu funcionamento", diz a nota.
Nas duas primeiras semanas de maio, o CAp-UFRJ funcionou com apenas quatro ou cincos prestadores de serviço de limpeza, em vez de 17. Além dos funcionários da limpeza, o colégio informa que copeiras e vigilantes também não receberam salário neste mês. Os profissionais ganharam apenas vale-transporte e auxílio-alimentação.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600