SIGA O EM

Ministro da Educação trabalha proposta para realizar o ENEM online

Cid Gomes revelou, em entrevista na tarde desta terça-feira que irá apresentar ideia à Presidente Dilma, mas que ainda é preciso ver as "possibilidades para isso"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/01/2015 17:17 / atualizado em 13/01/2015 18:00

Estado de Minas

Wilson Dias/Agência Brasil
O ministro da Educação, Cid Gomes, disse em entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira, que irá apresentar à Presidente Dilma uma proposta para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de forma remota, por uma rede de computadores.

"Temos outros desafios mais urgentes que dois Enem por ano, mas devemos trabalhar com a tecnologia para poder ter o Enem o tempo inteiro, toda hora, todo dia. Podemos ter diversos locais pelos país com computadores e salas seguras. Precisa ter um banco de questões", revelou Gomes.

O ministro comentou que o Enem tem que contratar uma gráfica ultra especializada com 500 câmeras e, ainda, contratar logística de segurança e distribuição. Gomes também lembrou que a pasta ainda precisa aplicar todo o exame no mesmo dia e ter todos os cuidados com vazamentos.

"Eu penso que é muito razoável evoluirmos para um sistema remoto. Com salas seguras", disse o ministro, ainda revelando que precisa "ver as possibilidades para isso".

De acordo com o ministro, o primeiro passo para isso é fazer um grande edital público para professores apresentarem perguntas e, assim, ter um banco de questões com mais de 8 mil itens.

"Não precisa ter cuidado, pode ficar aberto para consulta. Se o aluno conseguir decorar 8 mil questões de matemática é um gênio", comentou.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600