SIGA O EM

Cooperativa leva aulas de educação financeira para 12 mil alunos em Minas

Estudantes do Ensino Fundamental ao Ensino Médio de quatro cidades do Estado participarão do curso, que começa n dia 21 de agosto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/08/2014 10:24

Estado de Minas

Divulgação


Cerca de 12 mil alunos do 1º ano do Ensino Fundamental I ao 3º ano do Ensino Médio de escolas de Lagoa da Prata, Japaraíba, Pedra do Indaiá e Santo Antônio do Monte, em Minas Gerais, vão participar de um projeto sobre educação financeira desenvolvido pelo Sicoob Lagoacred, como parte da campanha “Dia C – Dia de Cooperar”, que está sendo realizada por mais de 952 cooperativas em todo o país. As primeiras aulas estão marcadas para quinta-feira, dia 21 de agosto. O curso deve terminar no dia 30 de outubro.

“O Projeto Jovem Cooperativista, idealizado pelo diretor do Sicoob Lagoacred, Nilson Antonio Bessas, tem o objetivo de contribuir na formação de uma geração futura de cidadãos conscientes na forma de administrar seus recursos financeiros. Utilizamos uma metodologia de âmbito cognitivo e comportamental, proporcionando conhecimento aprofundado sobre o que é cooperativismo, a importância do bom uso da moeda para a vida de cada um e para o sistema financeiro do país. Com isso, desde cedo, incentivamos a poupar e a trabalhar o planejamento econômico”, diz Cassia Duarte Lacerda, coordenadora do projeto.

Cassia explica que 22 escolas já aderiram ao projeto, mas o objetivo é chegar a 32. Além dos profissionais especializados convidados para a realização deste trabalho, os alunos têm também acesso a cartilhas com informações a respeito e vídeos que abordam o assunto.

“É de extrema necessidade o controle financeiro pessoal. O dinheiro afeta diretamente a vida pessoal e é uma das razões da vida profissional. Mas, embora tenha tamanha importância, ainda assim vemos jovens despreparados para lidar com ele, endividados, em um ciclo vicioso de consumo excessivo, onde muitas vezes eles se deparam com gastos desnecessários e fúteis, não sendo capazes de planejar uma vida econômica eficiente e forte para seu futuro”, avalia a coordenadora do projeto.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.