SIGA O EM

Belo Horizonte amplia contrato e vai construir mais 14 unidades de educação infantil

Número de Umeis construídas sobe para 46, o que resultará em mais 6.160 vagas de educação infantil.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/08/2014 16:23 / atualizado em 01/08/2014 16:26

Estado de Minas

Belo Horizonte vai ganhar mais 14 unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) que serão construídas por meio de Parceria Público Privada (PPP). O anúncio foi feito nesta sexta-feira, pelo prefeito Marcio Lacerda. As novas construções fazem parte da ampliação do contrato estabelecido em 2012, entre o município e a Inova BH, empresa da Odebrecht Properties, Com o novo contrato, o número de Umeis construídas sobe para 46, o que resultará em mais 6.160 vagas de educação infantil.

De acordo com o prefeito, a ação vai promover o fortalecimento da educação na capital. “Conhecimento e educação serão determinantes em várias dimensões do desenvolvimento e vão contribuir, entre outras coisas, para a qualidade de vida, a eficiência e a capacidade de inovação no setor produtivo”, disse o prefeito.

Atualmente, Belo Horizonte atende 51 mil crianças entre 0 a 6 anos, em unidades das redes própria e conveniada. De acordo com a PBH, das 88 Umeis em funcionamento na cidade, 48 foram abertas desde 2009. Em 2013, foram construídas outras nove Umeis, entre elas as três primeiras por meio da Parceria Público-Privada da Educação. Em 2014, a cidade ganhou 13 novas unidades, sendo oito construídas por meio da PPP.

Até 2016, serão construídas pela Sudecap outras 23 unidades, sendo 11 delas por meio do Programa Minha Casa Minha Vida. Essas Umeis oferecerão mais 10.120 vagas e, com isso, Belo Horizonte estará preparada para atender as exigências da Lei de Diretrizes de Base da Educação Nacional, que determina a universalização do atendimento escolar a crianças de 4 e 5 anos.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.