SIGA O EM

Resultado da primeira etapa do vestibular da PUC Minas sai até dia 28

Mais de 8 mil candidatos se inscrevem no vestibular. A lista de aprovados em medicina será conhecida em 3 de junho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/05/2014 06:00 / atualizado em 05/05/2014 07:55

Valquiria Lopes

Ramon Lisboa/EM/DA Press
A PUC Minas mudou o processo seletivo deste ano em função do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), dividindo-o em duas etapas. Ontem, a instituição aplicou prova de múltipla escolha e redação para alunos das unidades de Belo Horizonte, Betim e Contagem. Foram 8.373 inscritos que concorreram a 85% das 7.738 vagas ofertadas em todos os câmpus da instituição. Os 15% restantes serão preenchidos por candidatos que pretendem usar a nota do Enem. Estes têm até o próximo dia 14 para se inscrever e concorrer a qualquer um dos cursos da PUC. Para os que desejam ingressar nos câmpus do interior (Arcos, Poços de Caldas e Serro) e para as áreas de graduação tecnológica e graduação a distância as inscrições terminam hoje e as provas ocorrem no sábado. A divisão, segundo a universidade, foi apenas uma mudança de método, que deve ser mantida. O resultado da primeira etapa sai até o dia 28. A lista de aprovados em medicina será conhecida em 3 de junho.

O processo seletivo de ontem – realizado entre as 13h e as 18h – manteve o histórico de concorrência. O curso de medicina do câmpus Betim, com 60 vagas, foi o mais disputado, com 73,04 candidatos por vaga. O número leva em consideração os alunos que fizeram prova, mas o percentual de desistência foi de 0,5%, considerado pouco significante em relação aos outros concursos. Para os demais cursos, a taxa chegou a 7,9%. A média geral de desistência se manteve em 6,7%, índice menor que no processo seletivo do segundo semestre do ano passado, que alcançou 15,2% dos alunos. “Neste ano, a prova foi realizada em uma boa data, ao contrário do ano passado, quando não tivemos um período melhor para aplicar o exame”, afirma a vice-reitora e presidente da Comissão Técnica do Processo Seletivo (CTPS), a professora Patrícia Bernardes.

A queda no percentual de desistência pode ter relação ainda com a redução no número de pessoas que se inscreveram para a prova. O total de 8.373 inscritos é 11,6% menor do que os 9.475 alunos do processo realizado no mesmo período do ano passado. “As universidades públicas vão realizar o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) no meio do ano e muitos alunos devem se inscrever no processo. Entendemos que aqueles que se inscreveram na PUC, neste semestre, estão realmente comprometidos em estudar aqui”, ressalta a vice-reitora.

O total de estudantes que fizeram o vestibular apenas como treinamento também caiu, o que pode ter interferido ainda na baixa da desistência. Enquanto na segunda etapa de 2013 foram 3.999 treineiros (2.854 de medicina e 1.145 dos demais cursos), neste ano o universo foi bem menor: 1.028 (246 de medicina e 782 no restante). “Muitos alunos usavam o vestibular como teste para a UFMG, mas agora, com o Enem, a federal não tem mais aquela prova específica”, diz o chefe do Centro de Registros Acadêmicos (CRA) e membro da comissão, professor Félix de Araújo Souza.

A prova realizada ontem teve diferente número de questões de múltipla escolha a depender do curso: 70 para medicina e 50 para os demais. Já a redação, de caráter eliminatório e com peso comparável ao de 10 questões fechadas, colocou o aluno à prova com o tema intercâmbio.

NÚMEROS

8.373
candidatos se inscreveram
para disputar 85% das vagas

15%
das cadeiras ainda estão
com inscrições abertas

11.730
candidatos é o total de inscritos do segundo semestre de 2013 (9.475 por provas e 2.255 pelo Enem)

Os mais concorridos

Curso    Candidato/vaga

Medicina (Betim)    73,04

Engenharia mecânica
(Coração Eucarístico)    6,13

Arquitetura e urbanismo
(Coração Eucarístico)    5,74

Odontologia (Coração Eucarístico)    5,65

Direito (Coração Eucarístico)    5,63
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.