SIGA O EM

Inscrições para Olimpíada de Língua Portuguesa terminam amanhã

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/04/2014 11:07

Agência Brasil

Terminam nesta terça-feira as inscrições para a Olimpíada de Língua Portuguesa. Podem participar da competição professores e estudantes de escolas públicas de turmas do 5º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio. A inscrição deve ser feita na internet.

O professor é quem se inscreve na olimpíada. Para que ele participe do concurso, é preciso que a Secretaria de Educação do município ou do estado faça a adesão ao projeto no mesmo período de inscrição. Segundo a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), 80% dos municípios fizeram a adesão ao programa. Levantamento parcial aponta inscrições de 70.706 professores de 22.668 escolas do país.

Lançada em 2002 pela Fundação Itaú Cultural e pelo Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), e o Canal Futura, a iniciativa ganhou a adesão, em 2007, do Ministério da Educação.

Segundo a gerente de Educação da Fundação Itaú Social, Patricia Mota Guedes, uma das metas é alcançar os números de inscrições da edição de 2010. “A gente quer retornar aos números de 2010”, disse, quando quase 240 mil professores se inscreveram, mobilizando 7 milhões de estudantes dos ensinos fundamental e médio. “Foram números recordes”.

 

No momento da inscrição, o professor poderá se cadastrar no portal da olimpíada para ter acesso a material didático de capacitação para orientar os estudantes. Também poderá participar de cursos de formação online.

As oficinas de leitura e produção de textos deverão ser desenvolvidas pelos professores durante as aulas de língua portuguesa. As escolas devem enviar os textos produzidos às comissões julgadoras até o dia 15 de agosto.

O programa trabalha com gêneros literários específicos, de acordo com a série. No caso do ensino fundamental, os alunos do 5º e 6º anos deverão produzir um poema; os do 7º e 8º anos, memórias literárias; e os do 9º ano, uma crônica. No ensino médio, será a crônica para o 1º ano e o artigo de opinião para o 2º e 3º anos.

Ao longo do ano, haverá várias etapas de seleção de textos. A etapa final da olimpíada será em Brasília, em dezembro, com a divulgação dos 20 vencedores nacionais. Os alunos e professores escolhidos receberão medalhas de ouro, um notebook e uma impressora. e as escolas, um laboratório de informática.

Segundo Patricia Guedes, o objetivo da olimpíada "é oferecer oportunidade de formação continuada para professores sobre o ensino da língua portuguesa". "Nosso propósito é contribuir com a formação do professor para que a gente possa, cada vez mais, estimular a melhoria da qualidade do ensino da leitura e da escrita”.

A Olimpíada de Língua Portuguesa é um projeto em parceria entre a Fundação Itaú Social e o Ministério da Educação. Na última edição, em 2012, foram recebidas 90.391 inscrições de professores, de 40.433 escolas brasileiras. O programa teve a participação de cerca de 3 milhões de estudantes.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.