SIGA O EM

MEC divulga resultado da transferência assistida da Gama Filho e UniverCidade

As propostas contemplam todos os cursos das duas instituições descredenciadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/02/2014 22:33

Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) divulgou na noite desta sexta-feira, o resultado dos editais de transferência assistida dos estudantes da Universidade Gama Filho (UGF) e do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade), descredenciadas em janeiro. As instituições selecionadas são as do Consórcio Rio Universitário, formado pela Universidade Estácio de Sá (Unesa), pela Universidade Veiga de Almeida (UVA) e pela Faculdade de Tecnologia Senac Rio (Fatec). Segundo a pasta, todas as propostas foram analisadas e julgadas por uma comissão independente de especialistas, composta por nove professores avaliadores e, em seguida, submetidas à diretoria colegiada da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior para homologação. As instituições selecionadas foram analisadas quando à qualidade, regularidade e sustentabilidade financeira. As propostas contemplam todos os cursos das duas instituições descredenciadas. A distribuição dos cursos está disponível na internet. Também segundo o MEC, a seleção assegura aos estudantes: capacidade instalada suficiente; propostas de aproveitamento de estudos adequadas e satisfatórias; garantia de manutenção dos valores das mensalidades; garantia integral das políticas de descontos; aproveitamento de 100% das bolsas próprias concedidas pelas instituições descredenciadas, além das bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) e dos contratos do Programa de Financiamento Estudantil (Fies). As instituições serão convocadas para assinatura dos termos de compromisso previstos nos editais a partir do dia 24 de fevereiro. A expectativa é que o resultado do edital referente ao curso de medicina da Universidade Gama Filho seja divulgado na próxima semana.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.