18°/ 33°
Belo Horizonte,
17/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Educação » Regras que proíbem trote sujo na UnB começam a valer a partir desta segunda-feira As punições para quem infringir as regras já estão previstas no estatuto da universidade

Agência Brasil

Publicação: 07/05/2012 20:24 Atualização: 07/05/2012 20:39

Começam a valer nesta segunda-feira as novas regras de convivência aprovadas pelo Conselho Universitário (Consuni) da Universidade de Brasília (UnB). Elas proíbem a prática do chamado "trote sujo". A reitoria da instituição deve publicar ainda hoje a resolução com as mudanças que incluem ainda e restrição para venda de bebidas alcoólicas no campus.

O texto aprovado pelo Consuni, na última sexta-feira, esclarece o que é considerado um trote sujo: "qualquer forma de violência que submeta o calouro e outro membro da comunidade acadêmica a ações que lhe atinjam a integridade física ou psíquica, a tortura, o tratamento ou castigo cruel, desumano, degradante, constrangimento e situações de discriminação de qualquer natureza".

As punições para quem infringir as regras já estão previstas no estatuto da universidade e vão desde uma advertência até a expulsão. "Isso vai depender da natureza da infração e da reincidência [do autor]", disse o chefe de gabinete da Reitoria da UnB, Davi Diniz. O Consuni também decidiu que as punições serão aplicadas individualmente e não direcionadas aos centros acadêmicos, já que muitas vezes a iniciativa de aplicar o trote parte de grupos isolados de alunos.

Sobre o consumo de bebidas alcoólicas, o regulamento determina que a venda é"expressamente proibida", exceto em casos de prévia autorização da unidade acadêmica. Isso permite a comercialização de bebidas em pequenos eventos organizados pelos centros acadêmicos. Essas festas também deverão ser organizadas apenas com autorização prévia e deverão respeitar uma série de regras, entre elas o horário limite de meia-noite para encerramento do evento. As festas promovidas nos espaços das faculdades não poderão cobrar ingresso e nem ser divulgadas em meios de comunicação.

A íntegra da nova resolução está disponível na página da UnB na internet.
Tags: celular

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.