SIGA O EM

Fornecedora de material esportivo deixa o Boa Esporte após contratação do goleiro Bruno

A empresa paulista Kanxa, fornecedora de material esportivo do clube, anunciou, no fim da tarde desta segunda-feira, o fim do apoio ao clube

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1109585, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Leandro Couri/EM/D.A.Press', 'link': '', 'legenda': 'Goleiro Bruno foi contratado na \xfaltima sexta-feira pela equipe do Sul de Minas', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/03/13/853907/20170313175518707781e.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 13/03/2017 17:52 / atualizado em 13/03/2017 22:58

João Henrique do Vale

Leandro Couri/EM/D.A.Press

O efeito cascata da manifestação dos patrocinadores do Boa Esporte após a contratação do goleiro Bruno Fernandes da Dores, de 32 anos, continua. A empresa paulista Kanxa, fornecedora de material esportivo do clube, anunciou, no fim da tarde desta segunda-feira, o fim do apoio ao clube. Segundo a assessoria de imprensa do time de Varginha, cidade do Sul de Minas, esse era último parceiro que ainda seguia com a equipe.


A saída do fornecedor de material ocorreu depois de uma reunião da diretoria da empresa com advogados. O contrato com o clube do Sul de Minas acabaria no fim deste ano. “Na verdade, tudo ocorreu no fim da tarde de sexta, praticamente à noite, quando veio à tona que o Boa tinha fechado com o Bruno. No fim de semana, não conseguimos contato com a diretoria do clube. A diretoria da Kanxa e a parte jurídica estavam viajando. Abordamos hoje para tomar atitude. Na parte da manhã, tentamos contato com o Boa, mas não conseguimos. Bruno não tem nem contrato ainda. Precisávamos esperar posição do clube antes. Foi conversado por telefone, e eles disseram que estão fechando com o Bruno independentemente de qualquer coisa. Não compactuamos com isso, não vamos expor nossa marca dessa forma. A Kanxa não compactua com a atitude do Boa, que decidiu de forma unilateral. Mediante a gravidade do assunto, acho que foi uma ideia de marketing, mas foi um tiro no pé. Justamente na semana do Dia Internacional da Mulher”, disse o gerente de Marketing da Kanxa, Sergio Grer. A Kanxa foi fundada em 1986 e atualmente fornece uniformes para 18 clubes do Brasil.


Esse era o último apoiador da equipe que ainda não tinha se manifestado contrário à contratação do goleiro. Nesta segunda-feira, o grupo Góis & Silva, patrocinador máster do Boa Esporte, também anunciou a saída. Por meio de nota, o grupo afirmou que o fim do vínculo se deve à permanência do goleiro Bruno na equipe. “Diante da decisão de manter a contratação do goleiro Bruno por parte da diretoria do Boa Esporte Clube, o até então patrocinador máster do clube, o Grupo Góis & Silva reitera sua posição e anuncia oficialmente que não é mais patrocinador do clube de Varginha”, disse.

No sábado, a Nutrends, empresa do ramo de alimentos, já havia anunciado o fim da parceria com o clube. Além dela, as clínicas Cardiocenter (cardiológica) e Magsul (de ressonância magnética) anunciarem rompimento da parceria com a equipe.



Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
walter
walter - 14de Março às 11:38
Isso não é nada. O clube não terá torcida em campo. O Bruno se entrar em campo vai ser insistentemente vaiado do começo ao fim. Ele não vai aguentar. Há alguma suja nesta contratação. Contrato alto para alguém tirar o seu, como ocorre no futebol do mundo inteiro. O mais grave para o clube é que o Bruno vai ser novamente preso com pena agravada, porque o crime de corrupção de menor vai ser reanalisado.
 
cedro
cedro - 13de Março às 23:50
O PT organizou uma quadrilha,quebrou o País,fez com que muitos pais chegassem ao suicídio e o povo continua adorando seu líder. Deixem o rapaz ter sua chance ele ainda vai ser julgado por Deus, justiça do homem já foi feita.
 
Rivelino
Rivelino - 13de Março às 23:09
Deve ter alguem com muita bala na agulha para bancar essa polemica com o Bruno. O retorno financeiro com a divulgação da volta dele ao futebol vai ser maior que todos os patrocinios juntos.
 
sandro
sandro - 13de Março às 21:17
Não dá pra entender o raciocício ignorante dos dirigentes do BOA. Agora eles banquem do proprio bolso as despesas do clube, e pagam o salario do Bruno, já eles deram mais valor num assassino do que no clube. Apoiar um assassino que nem se arrependeu, e que matou a ex namorada por ter tido um filho com ele, é sinal de falta de caráter e de capacidade de gestao. As empresas bem conceituadas nunca apoiariam pagar um assassino de uma mae e de uma mulher.
 
Tarcisio
Tarcisio - 13de Março às 20:49
O Boa quis usar o marketing a favor e ser divulgado nacionalmente. Parece que o resultado fugiu ao controle do clube.
 
weliton
weliton - 13de Março às 20:34
Não entendo o que está acontecendo! Impossível que mantenham ele no time mesmo perdendo TODOS os patrocinadores. Tem coisa por trás que ainda não sabemos, ou o presidente do BOA tem problema psicológico
 
mauro
mauro - 13de Março às 19:29
parabens, tem que abandonar este time isto é forçando a barra pra manter o cara solto, tipo o cara ta trabalhando e quer regenerar, mas fica a pergunta, e vitima que foi segundo a policia ESQUARTEJADA, VAO EMENDAR ELA COM DUREX?