SIGA O EM

"É muito fácil a gente olhar apenas para a nossa vida", diz Fábio sobre visita ao goleiro Bruno

O atleta do Cruzeiro voltou a falar sobre a visita que fez ao Bruno, na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de BH

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 23/04/2014 19:11 / atualizado em 23/04/2014 20:22

A visita do goleiro Fábio, do Cruzeiro, ao jogador Bruno Fernandes, na Penitenciária Nelson Hungria, na Grande BH, ainda é repercutida. Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira, o atleta celeste afirmou que todos merecem uma segunda chance. “Acho que a gente tem que cada vez mais ajudar o próximo, porque é muito fácil a gente olhar apenas para a nossa vida e fechar os olhos para as coisas que acontecem aos próximos”, disse.

Membro da Igreja Batista Getsêmani, Fábio foi, acompanhado do Pastor Jorge Linhares, à penitenciária onde os dois se reuniram com Bruno, condenado a 22 anos e três meses de prisão pela morte da ex-amante Eliza Samudio. Sobre o encontro, que aconteceu no último dia 14, o arqueiro celeste disse que eles não falaram sobre esporte. “Fizemos orações e não falamos sobre futebol", disse.

Fábio também comentou sobre a expectativa de Bruno em relação à decisão judicial que pode permitir a transferência dele para Montes Claros, no Norte de Minas, e o possível retorno aos gramados, já que o detento assinou contrato de cinco anos com uma equipe do município. "Ele está tranquilo. Está bem e, principalmente, buscando a Deus", revelou o goleiro do Cruzeiro.

Veja a entrevista do goleiro Fábio, exibida no Alterosa Esporte


Confira a entrevista coletiva do atleta na íntegra



Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Messias
Messias - 10 de Junho às 16:27
Cconcordo piamente com o Fábio. Bruno deveria ter olhado para a vida da mãe de seu filho. Mas, agora é tarde, e não adianta os bonzinhos de plantão terem piedade de quem não teve um mínimo de amor e respeito com a vida do próximo. Sequer pensou na própria familia, nem na dela!...
 
Osvaldo
Osvaldo - 23 de Abril às 20:30
Parabéns, Fábio!
 
Danilo
Danilo - 23 de Abril às 20:21
A visita aos familiares da vítima está agendada para quando? Ou isto não dá IBOPE?
 
Gian
Gian - 23 de Abril às 20:16
Jesus na cruz perdoou os bandidos condenados, quem somos nós, meros discípulos, para querermos ser maior que Jesus? Se a lei no Brasil é fraca a ponto de permitir esse benefício... No mais, o Fábio demonstrou fé e compaixão, coisa que a maioria dos que criticam passam longe.
 
itamar
itamar - 23 de Abril às 20:01
ahhhh Fala serio Sr.Mao de ALface, o cara mata alguem e vc vem falar essas coisas...ele tirou uma vida! E vc acha isso certo, ta passandoa mao na cabeça de um assassino ?????...Lamentavellllllll, q exemplo heim???????