SIGA O EM

Ministros do STF negam habeas corpus a Bruno e goleiro segue preso

Entre os argumentos usados pelos julgadores para manter a prisão do atleta estão a 'alta periculosidade do réu' e a intranquilidade que iria gerar à sociedade caso fosse solto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Erro ao renderizar o portlet: EM - Corpo Meio - Interna Noticia

Erro: 
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.