SIGA O EM

Defesa protocola pedido de habeas corpus para Jaílson Oliveira

Documentação foi encaminhada à Justiça mineira na segunda-feira. No último dia 17, detento fugiu do Ceresp São Cristóvão, mas foi recapturado.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 31/07/2012 07:56

Cristiane Silva

A defesa de Jaílson Oliveira protocolou na segunda-feira um pedido de habeas corpus para o detento. O advogado Ângelo Carbone também pede à Justiça mineira que o cliente receba acompanhamento psicológico e seja incluído, juntamente com a esposa, no regime de proteção à testemunha. Segundo Carbone, Jaílson sofre ameaças dentro do presídio.

Ele estava detido no Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) São Cristóvão e fugiu na manhã do último dia 17 enquanto prestava um serviço de pintura no Departamento de Investigações de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), vizinho ao local. Ele foi recapturado na noite do mesmo dia em Guanhães, no Vale do Rio Doce e levado para a Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, onde já esteve preso.

Jaílson é considerado uma importante testemunha do Caso Bruno. Em 2011 denunciou, ele denunciou um suposto plano de Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, de matar algumas autoridades ligadas às investigadores do desaparecimento e morte de Eliza Samudio.