SIGA O EM

Carta pode ser nova pista sobre corpo de Eliza Samudio

Mãe de Eliza Samudio recebeu carta, ontem, indicando que restos mortais da ex-modelo estariam em um poço artesiano do Bairro Planalto, em BH. Denúncia será encaminhada à polícia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/06/2012 07:31 / atualizado em 21/06/2012 07:58

Thiago Lemos

Uma carta indicando o local onde possivelmente estariam os restos mortais de Eliza Samudio chegou às mãos da mãe da ex-modelo, Sônia Fátima Moura, 44 anos, na tarde de ontem. A mensagem foi encaminhada à produção da TV Alterosa, onde Sônia esteve para conceder uma entrevista. Sem dar detalhes sobre o teor dos escritos, ela revelou apenas que o denunciante informa que o corpo está em uma área no Bairro Planalto, Região da Pampulha, em Belo Horizonte. As informações serão repassadas à Polícia Civil juntamente com um pedido à Justiça para que a denúncia seja apurada, informou ontem o advogado de Sônia, José Arteiro Cavalcante Lima.

Segundo Sônia, um trecho do documento diz que Eliza teria sido jogada em um poço artesiano desativado. As informações causaram surpresa para a mãe da ex-modelo, já que ela diz ter sonhado, pouco antes da filha desaparecer, que Eliza tinha sido assassinada e teve o corpo jogado em um local semelhante ao descrito. “Sonhei com isso em 2010 e hoje (ontem) recebo uma carta dando pistas sobre minha filha com detalhes iguais ao que eu pressenti. Quero o corpo da Eliza para me despedir dela”, conta. O autor da carta não se identificou.

O advogado José Arteiro Cavalcante Lima, que representa Sônia, contou que já havia recebido informação semelhante e que está levantando detalhes antes de comunicar o fato à polícia. Apesar de o denunciante ter permanecido em silêncio por dois anos mesmo com toda repercussão que o caso teve, Arteiro acredita que as pistas sejam verdadeiras. “Estou verificando e devo acionar as autoridades entre hoje e amanhã”, revela.

Chefe do Departamento de Investigações (DI), o delegado Wagner Pinto de Souza disse ontem que só poderá falar sobre o caso após receber a denúncia e analisar a carta. “De posse do documento, vou verificar a forma como foi recebido, o conteúdo. Se tiver algum fundamento, vamos investigar”. Sobre o intervalo de tempo entre o desaparecimento da ex-modelo e a denúncia, o delegado não descarta que informações corretas ainda possam chegar.

Na época do sumiço da ex-modelo, a polícia fez buscas na Região do Planalto, especialmente no Parque Lagoa do Nado, mas nada foi encontrado. Rastreamento no celular do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, acusado de participação no assassinato, indicou que ele esteve na região no dia do crime.

Eliza desapareceu em junho de 2010 e foi dada como morta pela Polícia Civil e pelo Ministério Público. De acordo com as investigações, a vítima queria que o atleta reconhecesse a paternidade do filho dela. O goleiro Bruno Fernandes e mais sete pessoas são réus no processo de cárcere privado, morte e ocultação de cadáver.

Aproximação distante

Ontem, durante entrevista ao programa TV Verdade, da TV Alterosa, Sônia Moura estava com o neto Bruninho, de 2 anos, filho de Eliza Samudio. O pai do garoto é, supostamente, o goleiro Bruno. Sobre a intenção dele se aproximar do filho, Sônia diz que, se depender dela, isso não ocorrerá. Ela tem a guarda da criança.

O advogado Francisco Assis Simim, que representa o goleiro Bruno, informou que está no cartório em Contagem o documento de lavragem de escritura de compromisso que o goleiro assinou na segunda-feira, se comprometendo a assumir o menino como seu filho legítimo. Bruno também assumiu interesse em repassar aos três filhos 10% do que ganhar como jogador profissional, caso consiga sua liberdade e retorne aos campos. Atualmente o atleta recebe R$ 500 por mês fazendo faxina na Penitenciária Nelson Hungria.

Sônia Moura não acredita nas manifestações do goleiro. “Bruno fez de tudo para tentar impedir a vinda dessa criança ao mundo”, disse. Ela declarou ainda que o ex-goleiro Bruno teria tido, recentemente, um filho com a ex-mulher Dayanne dos Santos, com quem já tem duas filhas. Ontem, o advogado Francisco Assis Simim, que também representa Dayanne, informou que sua cliente tem um bebê de 6 meses, mas o pai da criança é o atual namorado dela e não Bruno.
Tags: