Publicidade

Estado de Minas

Em entrevista, mãe de Elisa Samudio diz ter medo de Bruno e conta rotina da vida do neto

Sônia Fátima Moura, de 44 anos, afirma que Bruninho, filho da modelo desaparecida, sabe sobre a morte da mãe e xinga quando vê fotos do goleiro Bruno


postado em 19/06/2012 16:00 / atualizado em 19/06/2012 16:23

Mãe de Elisa Samudio afirma que goleiro Bruno não paga pensão para o filho da modelo(foto: João Henrique do Vale/EM/D.A.Press)
Mãe de Elisa Samudio afirma que goleiro Bruno não paga pensão para o filho da modelo (foto: João Henrique do Vale/EM/D.A.Press)
 

A vida de Sônia Fátima Moura, 44 anos, mãe de Elisa Samudio, e que ganhou recentemente a guarda do filho da modelo, que tem o nome do suposto pai, o jogador Bruno Fernandes das Dores Souza, mudou completamente há dois anos, após o sumiço da filha. Ela contou em detalhes como é o dia a dia dela com Bruninho, que sente a falta da mãe, mas já sabe que ela está morta.

Sônia também revela temer que Bruno, que está preso acusado pelo sumiço e morte da modelo, saia da cadeia e tente fazer mal a ela e ao neto. Sônia conta que cuida de “Bruninho” sem nenhuma ajuda financeira do atleta que, segundo ela, nunca pagou pensão alimentícia.

Durante a conversa com Sônia, Bruninho ficou o tempo inteiro brincando com o instrumento que deixou o suposto pai famoso. O garoto não largou a bola de futebol e ficou chutando o objeto dentro de um gol, mostrando que tem intimidade com a pelota. Também mostrou carinho com avó, a quem chama de mãe, ao levar um copo de água para ela. “Mãe trouxe para você. Toma?”, disse o agitado garoto.

Sônia também revelou que ainda tem esperanças de encontrar os restos mortais de Elisa. Caso isso aconteça, ela já tem tudo pronto para a despedida. Confira a entrevista.

Como Bruninho se comporta desde o desaparecimento da mãe?

Extremamente ativo, tem alguns pesadelos. Quando vê a mãe em fotos, ele a beija. Isso é uma situação dolorosa para mim. Hoje eu consigo ligar um pouco melhor com o sentimento, pois já acostumei com isso. Mas, às vezes, meu sogro chora e isso é muito dolorido para mim. Quando chega próximo à data em que Elisa sumiu, ele fica muito agitado, não consegue dormir e tem pesadelos.

Bruninho costuma perguntar sobre Elisa?

Ele não pergunta da mãe porque desde pequeno eu falo que a mãe dele está com o papai do céu, que virou uma estrelinha. Então ele sabe que a mãe dele está morta. Quando perguntado onde está a mãe, ele aponta para o céu e manda beijo.

Qual o comportamento dele quando vê imagens de Bruno e outros acusados do crime?

Quando vê fotos de Bruno, ele sempre fala. “Esse é ruim, esse é ruim”. E quando vê fotos do Macarrão, ele faz gestos com o pé como se tivesse dando chutes, mostrando como ele teria feito com a mãe dele.

Você tem esperanças de encontrar sua filha?

Tenho certeza que vou encontrar. Porque o Deus que eu sigo é o verdadeiro e ele vai devolver a minha filha, mesmo sendo da maneira que eu não desejava. Mas vou ter os restos mortais dela de volta. O funeral dela esta todo preparado. Já tem tudo pronto, desde caixão, funerária, e local para enterrar.

Um habeas corpus para soltar o Bruno deve ser julgado nos próximos dias, você tem medo que ele seja solto?

Fico indignada com a situação. Mas acho, sinceramente, que a Justiça não deveria soltar o Bruno. Para mim, ele deve permanecer muitos e muitos anos na cadeia, para ele refletir e repensar todo o mal que fez para o filho dele. Eu temo que ele saia de lá e me agrida. Uma pessoa que fez o que fez e tá achando que vai ficar impune, pode tudo. O Bruno é uma pessoa dissimulada e perigosa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade