SIGA O EM

Polícia investiga exploração sexual onde Bruno morava

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/09/2010 15:21

Agência Estado

A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga uma denúncia de exploração sexual que estaria ocorrendo na casa onde o ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes de Souza morava, em um condomínio de luxo no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste da capital fluminense. Segundo a corporação, no local foram encontrados quatro mulheres e o agenciador delas, que foi preso.

De acordo com a polícia, a casa, alugada por Bruno anteriormente foi alugada pelo suspeito detido, que a usava para atender os clientes das garotas de programa. O agenciador vai depor ainda hoje. Junto com ele foi apreendido munições calibre 40.

Bruno e mais oito pessoas foram presas em julho passado acusados de participação do desaparecimento - e da já considerada morte - de Eliza Samudio, ex-amante do jogador e que buscava provar na Justiça, na época do desaparecimento, que o atleta é pai do filho dela.