SIGA O EM

Bruno deixa hospital e retorna para a Penitenciária Nelson Hungria

Médico que atendeu o jogador diz que Bruno está com depressão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/09/2010 13:19 / atualizado em 23/09/2010 14:19

João Henrique do Vale , Nayara Menezes /Estado de Minas

O goleiro Bruno Fernandes deixou o Hospital Socor e retornou para a penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de BH. Bruno foi encaminhado para o hospital, para realizar uma bateria de exames, depois que foram encontradas algumas cápsulas de remédio.

O médico cardiologista Odoni Zanotti, que atendeu o goleiro, informou que Bruno está com um quadro de depressão que já vinha do Rio de Janeiro. O médico não informou se o jogador terá de tomar remédios. Bruno saiu do hospital em uma ambulância do estado, a mesma que fez o transporte do jogador para o local.

Em nota, a Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) informou que, ao retornar do Rio de Janeiro na tarde de quarta-feira, onde responde ao processo por lesão corporal, ameaça, sequestro e cárcere privado contra Eliza Samudio, foram encontradas com o jogador algumas cápsulas de remédios, sem receita médica. O atleta relatou que estava com dificuldade para dormir e os remédios o ajudariam.

Em nota o hospital informou que o jogador não chegou a tomar as cápsulas.

Audiência

A Justiça definiu as datas das primeiras audiências de instrução e julgamento do crime de desaparecimento e morte de Eliza Samudio. As oitivas vão acontecer no Tribunal de Júri de Contagem, nos dias 8, 13 e 14 de outubro. Entre os acusados estão o goleiro Bruno e mais oito pessoas. No total devem ser ouvidas mais de 100 testemunhas.