SIGA O EM

Bruno e Macarrão continuam no Rio de Janeiro, diz juiz

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/08/2010 13:39

Priscila Robini /

O juiz Marco José Mattos Couto, da 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, negou o pedido da defesa do goleiro Bruno Fernandes e de Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, para que os réus voltassem para Belo Horizonte. A defesa alegava que eles estavam longe da família e pediram para que o juiz dispensasse os réus até a próxima audiência. No entanto, o magistrado achou mais conveniente manter Bruno e Macarrão no Rio até que todas as testemunhas do caso sejam ouvidas.

Bruno e o amigo são julgados no Rio de Janeiro pelos crimes de sequestro, cárcere privado e lesão corporal contra Eliza Samudio, ocorridos em outubro de 2009, segundo a polícia. Em Minas Gerais eles respondem, juntamente com outros sete suspeitos, aos crimes de homicídio, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver, formação de quadrilha e corrupção de menores.