SIGA O EM

Para advogado, primeiras testemunhas afirmam inocência de Bruno

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Duas testemunhas prestaram depoimento na audiência de instrução e julgamento do processo que acusa Bruno e Macarrão pelos crimes de sequestro, cárcere privado e lesão corporal cometidos contra Eliza Samudio. A delegada Maria Aparecida Mallet, que ouviu a denúncia de Eliza em 2009, apenas reproduziu a fala da modelo paranaense quando a jovem procurou a delegacia.

A segunda testemunha, amiga de Eliza, Milena Baroni contou em depoimento que a modelo continuou mantendo contato com Bruno mesmo depois das agressões supostamente praticadas pelo jogador.

Para o advogado Ércio Quaresma os depoimento desta tarde reforçam a inocência do goleiro, com base, principalmente, na fala de Milena. Para Quaresma, a declaração da amiga prova a confiança de Eliza em Bruno, mesmo depois das denúncias da jovem contra o ex-namorado.

No início da noite prestam depoimento os três funcionários do Condomínio Varandas da Barra. Não há previsão para o término da audiência na 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá.

(Colaborou Iana Coimbra/TV Alterosa)