SIGA O EM

Bruno não pode responder por sequestro, diz advogado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 26/08/2010 14:58 / atualizado em 26/08/2010 15:08

Agência Estado

Márcio Carvalho de Sá, um dos advogados do goleiro Bruno Fernandes, ex-capitão do Flamengo, disse nesta quinta-feira, na entrada do Fórum de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, que o atleta não pode responder por sequestro, já que todas as vezes em que Eliza Samudio, ex-amante de Bruno, esteve com o goleiro, ela o fez por livre e espontânea vontade. O advogado também falou sobre a ex-modelo. "Uma pessoa como ela foge dos padrões médios de ética e moral da sociedade."

Ele afirmou ainda ter certeza de que Eliza não foi morta no sítio de Bruno, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. "Mas eu não posso afirmar que ela está viva. Não sabemos o que aconteceu depois. Afinal, pessoas como ela, que vendem o corpo e participam de orgias, podem estar sujeitas a qualquer coisa", declarou o advogado.

Bruno está no fórum onde vai participar da primeira audiência no processo contra ele e o amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, em que são acusados de agressão contra Eliza Samudio, em outubro do ano passado. Ela acusou os dois e outro homem, ainda não identificado, de sequestro e tentativa de indução ao aborto. Ela tentava provar na Justiça que Bruno era pai de seu filho.

Bruno, Macarrão e outras oito pessoas foram indiciados pela Divisão de Homicídios de Contagem e denunciados pelo Ministério Público de Minas Gerais por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado na forma qualificada, além de ocultação do cadáver da jovem.

Cinco testemunhas de acusação serão ouvidas, entre elas a delegada da Delegacia de Atendimento à Mulher, que registrou a ocorrência em outubro do ano passado, Maria Aparecida Mallet, e a amiga da vítima Milena Baroni Fontana. Neste processo, ainda serão ouvidas 13 testemunhas relacionadas pela defesa.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
FRANCISCO
FRANCISCO - 13 de Setembro às 19:36
tem mais que botar esse advogado porta de cadeia ,la dentro por obstruir a justica daqui a pouco vao falar que a pobre diaba da meretriz foi sequestrada por uma nave espacial e desapareceu ou entao ela se suicidou
 
Nilson
Nilson - 07 de Setembro às 12:07
A pessoa por não ter padrões éticos ou morais merece morrer? Sendo assim, está decretada a pena de morte e muitas pessoas já deveriam ter morrido, inclusive esse advogado. Todos sabem que ela não foi morta no sítio, ela esteve presa no sítio e morta em outro local.
 
Sebastião
Sebastião - 03 de Setembro às 11:52
Secretária da 2ª Vara de Toxicos BH.CERTIDÃO.Ércio Quaresma OAB 56311,desacatou Juiz Tit.da Vara,diante do ocorrido foi feita prisão em flagrante d Ércio Quaresma,ele foi retirado da Sala Aud. por Policiais Militares,p/lavrar o FLAGRANTE.Referido é verdade e deu fé.BH.31/08/2011Esc.Fatima H.Silva.
 
az
az - 27 de Agosto às 23:51
Absurdo um mero advogado dizer q Eliza fogia dos padroes morais..e ai? Por isso foi assassinada para o bem da sociedade? Confesso q minha inteligencia é pouca p compreender tudo isso. Talvez eu ou esse advogado náo seja desse pais ou desse mundo...
 
MARIA
MARIA - 26 de Agosto às 22:03
ESSE SEQUESTRO AÍ DO RIO TALVEZ NÃO MAS O DE MINAS VAI TER QUE RESPONDER SIM! E O PIOR CONTRA O PRÓPRIO FILHO, UM ^BEBÊ DE APENAS 5 MESES...
 
barbosa
barbosa - 26 de Agosto às 21:18
http://globonews.globo.com/Jornalismo/GN/0,,MUL1615711-17665,00-CRIMINALISTA+EXPLICA+OS+DOIS+PROCESSOS+QUE+ENVOLVEM+BRUNO.html Criminalista explica os dois processos que envolvem Bruno Ainda não há prazo para julgamento do crime de desaparecimento de Eliza Samudio.
 
Jota
Jota - 26 de Agosto às 18:23
LÓGICO QUE ELA FOI SEQUESTRADA.ENTROU POR LIVRE E ESPONTÂNEA VONTADEMAS NÃO PÔDE SAIR POR LIVRE E SPONTÂNEA VONTADE. ESTAVA AMEAÇADA SOB REVOLVER, USARAM ARTIFÍCIOS PARA COLOCA-LA NO CARRO.PELO FATO DELA NÃO TER PADRÕES ÉTICOS NÃO É MOTIVO PARA ASSASSINA-LA. ELES SABEM ONDE O CORPO SE ENCONTRA.
 
andrealis
andrealis - 26 de Agosto às 17:54
Concordo plenamente...
 
barbosa
barbosa - 26 de Agosto às 17:45
26/08/2010 - 07h00 "Caso Bruno é ainda mais complexo que o caso Isabella", diz criminalista http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2010/08/26/caso-bruno-e-ainda-mais-complexo-que-o-caso-isabella-diz-criminalista.jhtm