SIGA O EM

Polícia tenta localizar suposta amante do goleiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/08/2010 12:37 / atualizado em 06/08/2010 15:10

Priscila Robini /

A suposta amante do goleiro Bruno Fernandes, Fernanda Gomes de Castro, teve a prisão preventiva decretada, segundo o promotor Gustavo Fantini, do Ministério Público de Minas Gerais. Ele afirmou na manhã desta quinta-feira que Fernanda foi denunciada por homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, sequestro, cárcere privado e corrupção de menores.

Segundo a Polícia Civil de Minas Gerais, já existe um mandado de prisão em aberto para Fernanda que pode ser cumprido a qualquer momento. Ainda de acordo com a assessoria, policiais tentam localizar a mulher.

Além de Fernanda, Bruno Fernandes de Souza, Dayanne Rodrigues do Carmo Souza, Flávio Caetano de Araújo, Wemerson Marques de Souza, Elenilson Vitor da Silva e Sérgio Rosa Sales Camelo foram denunciados pelos mesmos crimes, cujas penas podem chegar a 42 de prisão. A promotoria retirou apenas a acusação de formação de quadrilha que constava no inquérito da Polícia Civil.

O ex-policial civil, Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, apontado pela Polícia Militar como executor de Eliza, foi denunciado por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. A pena de Bola pode chegar a até 33 anos de prisão.