SIGA O EM

Novidades sobre o caso Bruno devem sair até o fim desta semana

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
As novidades sobre a análise do inquérito que investigou o desaparecimento e morte de Eliza Samudio podem sair no fim desta semana. O Ministério Público tem até o dia 6 de agosto para se pronunciar sobre o caso. Segundo a assessoria do MP, o promotor Gustavo Fantini, só vai falar sobre o inquérito quando finalizar a análise e formalizar algum pedido à Justiça. Dentre estes pedidos estão o de prisão preventiva de Fernanda Gomes Castro e a transformação da prisão temporária dos outros envolvidos em prisão preventiva.

Sentença

A expectativa desta semana é pela sentença do adolescente de 17 anos, primo de Bruno, que também vai responder criminalmente pelo sequestro e morte de Eliza. Depois da entrega das alegações finais do advogado do adolescente, Eliézer Almeida e das alegações apresentadas pelo Ministério Público, o juiz Elias Obeid, da Vara da Infância e Juventude de Contagem tem material para produzir a sentença. O menor, continua internado no Centro de Internação Provisória São Benedito (CEIP).

Habeas Corpus

Até esta terça-feira já foram protocolados 23 habeas corpus a favor de Bruno Fernandes. A maioria dos pedidos não foi feita por advogados do goleiro, mas sim por cidadãos comuns que solicitam à Justiça a liberdade do atleta.

Competência

A juíza da Vara do Júri de Contagem tem nove dias para apresentar o exame de competência para prosseguir como responsável pelo do inquérito policial que investiga o desaparecimento e morte da modelo paranaense. A exigência foi do desembargador Hélcio Valentim, da 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), depois que os advogados dos envolvidos pediram a mudança da comarca que avalia o caso. A defesa justificou que o possível crime contra Eliza teria sido praticado em Vespasiano e pediu que a comarca desta cidade receba o inquérito.

Buscas

Na sexta-feira quando foi apresentado o inquérito pela Polícia Civil, o delegado Edson Moreira afirmou que as buscas pelo corpo de Eliza continuariam. Segundo Assessoria da PC, nenhuma diligência foi feita e nem está programada a procura pelo corpo nesta semana. Com o apoio dos Bombeiros a polícia fez buscas no sítio de Bruno Fernandes, na casa do ex-policial Marcos Aparecido, na Lagoa Suja em Ribeirão das Neves e no sítio alugado por Bola, em Esmeraldas.