SIGA O EM

Bruno aproveitou Copa do Mundo para planejar morte de Eliza

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/07/2010 16:38 / atualizado em 30/07/2010 18:48

Luisa Brasil

Durante entrevista coletiva para apresentar detalhes do inquérito sobre o desaparecimento da Eliza Samúdio, o delegado Edson Moreira afirmou que a modelo foi executada durante a Copa do Mundo de propósito, aproveitando o intervalo no Campeonato Brasileiro e o clima de comoção social.

Durante a apresentação dos detalhes do inquérito, o delegado reafirmou a tese de que o crime foi premeditado e de que Bruno foi o ''mentor intelectual'' do assassinato, sendo constantemente informado sobre a situação de Eliza Samúdio até o momento da execução.

Durante a apresentação, Edson Moreira também afirmou que o crime vinha sendo planejado desde que Eliza Samúdio começou a cobrar de Bruno o reconhecimento da parternidade de seu filho, Bruninho, exigindo o pagamento de uma pensão de R$ 3,5 mil. A motivação do crime, portanto, seria de ordem econômica, pois o atleta não queria pagar a pensão do filho.

A polícia acredita que Eliza Samúdio nunca teria deixado o filho nas mãos de terceiros, porque ele era a garantia de um futuro com estabilidade financeira por pelo menos por 18 anos, tempo em que o garoto receberia pensão.