SIGA O EM

Adolescente ainda é aguardado no DI para acareação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

Mais de uma hora depois do horário marcado para começar a acareação no Departamento de Investigações, o menor de 17 anos ainda é aguardado no local. Informações do advogado Eliézer Almeida e do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) indicam um impasse sobre a participação do menor na ação para ficar frente a frente com Sérgio Rosa Sales.

O advogado do adolescente, informou, em entrevista, que o suspeito não vai comparecer à acareação. Almeida disse que, como advogado constituído do menor, não foi intimado a participar de nenhum processo que envolva o seu cliente e outro acusado do desaparecimento e morte de Eliza Samudio. Para ele, a decisão da Justiça, feita nessa segunda, deveria ter sido publicada em Diário Oficial, para que os trâmites processuais fossem cumpridos.

Eliézer Almeida ainda disse que se a polícia levasse o adolescente para o DI, seria uma ação truculenta que atropela os processos legais. Nesse caso, o advogado estaria disposto a pedir a anulação da acareação. Ele ainda relembrou outros atos que considera ilegais no inquérito, como o depoimento do adolescente, no Centro de Internação Provisória São Benedito, sem a presença de um responsável legal.

O TJMG, afirma que todos os despachos relativos à acareação foram feitas na noite de segunda, o que inclui a comunicação das partes sobre a autorização do encontro entre os suspeitos. Para o tribunal, a publicação em Diário Oficial seria apenas uma formalidade.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Roque
Roque - 29 de Julho às 13:40
E o caso Bruno continua sendo o ponto de encontro dos corações soliários (e dos escrevem estrupro e crocodilho...). Ai, Jisuis...
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 18:52
PLANTAO O SHOW COMEÇOU! 27/07/2010 18h40 - Atualizado em 27/07/2010 18h50 Polícia diz que começou acareação com menor e primo de Bruno Os dois são ouvidos por delegados que investigam sumiço de Eliza. Objetivo é confrontar depoimentos e esclarecer divergências.
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 18:49
Solange gostei de vc.. E sua frase diz tudo, que a justiça vai ser feita contra ou a favor, muito bem. O importante e que o verdadeiro culpado pague, seja quem for. Mas queremos justiça, acima de tudo!
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 18:47
..Entao que o delegado prove a culpa dele. Que eu acho impossivel. Ja sabemos que ele vai ser indiciado pelo Edson Moreira por todos os crimes.A juiza de contagem, ja esteve ate no sitio, o que e anormal, um juiz ir no loc al. Esta tudo contaminado.STF que vai decidir
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 18:46
Solange A mulher que viu o depoimento dele, relatou, que ele mostra serenidade, tranquilidade, que olha nos olhos, porque sabe que e inocente. Ela ficou passada como ele demonstra que e inocente. O caso do Bruno, ele ja perdeu tudo, moral, carreira..Entao que o delegado prove a culpa dele.
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 18:44
Solange Maciel -Zahn Concordo quando vc diz que nao podemos enganar a Deus.Certissimo. E quem garante que, exemplo, Bruno esta enganando a Deus? Ele pode esta tranquilo porque sabe, e Deus sabe, que ele é inocente. A mulher que viu o depoimento dele, relatou, que ele mostra serenidade, tranquilidr
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 18:42
Solange Nao existe este termo na lei , quem cala consente. O onus da prova e de quem acusa, cabe ao delegado provar. Este caso se torn ou um circo, qualquer palavra que os suspeitos falarem,é da palco para Edson Moreira .Este caso se resolvera nos tribunais, NO STF, e o lugar proprio
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 18:40
Como pode um país democrático, ter uma polícia que lembra os porões da ditadura! É o que é esta policia deste caso. Ela acusa e depois tenta provar
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 18:26
Drogas são encontradas em carro da Defesa Social, em BH kkkkkkkk Esta e a nossa policia. Que vergonha!
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 18:24
cartao de ponto e tudo mais. Os proprios colegas prestaram depoimento . E simplesmente uma testemunha disse que foi ele, e esta testemunha deu endereço errado, e mesmo assim o inocente ta na cadeia. E como fica?
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 18:22
Todos os dias na justiça, em todo o Brasil acontece erros gravissimos. Ontem mesmo, vi um caso na record, um cara que trabalha no posto de gasolina, foi acusado, esta preso de ter matado uma pessoa. Engraçado, que ele estava neste horario no posto trabalhando, tem videos para provar, cartao de po
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 18:20
Maria Sousa Que eu saiba tem tramites, agora se vc acha que e trambique e problema seu. Ainda c onfio na justiça, e os advogados fazem o que esta na lei. Estao certissimos, se vc nao esta szatisfeita, reclama com quem votou, pois sao deputados e senadores que podem mudar a lei.
 
Solange
Solange - 27 de Julho às 18:17
Eduarda, se eu fosse inocente, eu morreria falando que eu sou inocente. Meu pai me ensinou: quem não deve não teme e quem cala consente. Advogado nenhum me faria calar. A justiça será feita contra ou a favor! Será feita. Podemos enganar a nós mesmos, mas nunca, jamais poderemos enganar a Deus.
 
FAUSTÃO
FAUSTÃO - 27 de Julho às 17:51
E AI VC EDUARDA O QUE ELE TE CAUSOU
 
Maria
Maria - 27 de Julho às 17:45
O caso dos irmãos Naves aconteceu há muitos anos. Foi um erro judiciário imenso, inacreditável. Mas hoje contamos com muitos meios para se provar a culpa ou a inocência de envolvidos, MESMO SEM A PROVA MATERIAL.
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 17:44
Joao tluon Crime nao e so descarregar um revolver na cabeça do outro, o que Edson moreira fez com cleves, foi um assasinato premeditado, friamente. Acabou com a vida pessoal e profissional de um grande jornalista, que concorria a varios premios esso, por ser tao bom.
 
Maria
Maria - 27 de Julho às 17:42
No caso do jornalista José Cleves ele disse o tempo todo que era inocente, apoiado, inclusive pela família da esposa que foi assassinada em um assalto. O caso agora é muito diferente: se forem todos inocentes que falem, jurem. O advogado está apenas de olho em seus honorários.
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 17:42
Joao tluon Como confiar em alguem, que errou com a vida de um ser humano, transformando no morto vivo, e nao aprendeu com os erros do caso cleves, pois tem seguido a mesma linha da execraçao publica. E uma vergonha um profissional deste tipo continuar trabalhando.
 
alexandre
alexandre - 27 de Julho às 17:38
Estão brincando com a justiça adiando o inquerito e fazendo que seja desperdiçado o dinheiro publico. Tudo bem, não será hoje mas será amanhã! Aos que não querem que a justiça não seja feita digo o seguinte: Ela tarda mas não falha! Só quem gosta de ser enganado não quer essa acareação!
 
FAUSTÃO
FAUSTÃO - 27 de Julho às 17:37
POIS SE A PESSOA ESTIVESSE AJUDANDO NAS INVESTIGAÇÕES COM CERTEZA ELA ESTARIA LEVANDO O DELEGADO A TOMAR OUTROS RUMOS, QUE COISA MAIS RIDICULA SÓ MESMO PARA AQUELES QUE JÁ PASSARAM PELAS MÃOS DO DR. EDSON PARA TER ESTA REVOLTA, SABEM QUE COM ELE A COISA É SERIA E AI FICAM FALANDO POR SENTIMENTOS.
 
Maria
Maria - 27 de Julho às 17:35
A justiça tem trâmites ou trambiques? Resta essa dúvida. Os indiciados devem ser mesmo culpados já que os advogados fazem o que podem (dentro do devido processo legal, claro) para dificultar o andamento do caso. Se são inocentes, deixem que falem. Que o Bruno FALE, mostre qual é a parte que lhe cabe.
 
FAUSTÃO
FAUSTÃO - 27 de Julho às 17:33
ESTE DEFENSORES DO BRUNO ESTÃO É PASSNDO A PERNA NELE E LEVANDO O CASO PARA MAIS ADIANTE E NESTE PERIODO GANHANDO MAIS GRANA, ONDE JÁ SE VIU UM PESSOA INOCENTE TER COMO CONSELHO " PARA QUE NÃO FALE NADA", SOMENTE NA FRENTE DE UM JUIZ.
 
FAUSTÃO
FAUSTÃO - 27 de Julho às 17:29
ISTO PROVA MAIS UMA VEZ DE QUE QUEM NÃO DEVE NÃO TEME E SE NÃO TEM NADA PARA ESCONDER QUE NÃO FIQUE CORRENDO E ARRUMADO ARTIFICIOS QUE POR MAIS LEGAIS QUE SEJAM É PURA FORMA DE DISFARÇAR E FAZER O TEMPO PASSAR, MAIS ISTO NÃO ADIANTA VCS VÃO VER O FINAL DISTO, AI MUITA FUNCIONÁRIA DE ADV. VAI CAIR.
 
Joao
Joao - 27 de Julho às 17:23
No passado este delegado acabou com a vida de um profissional da imprensa!!! Estado de Minas!!! Onde esta seu arquivo, seu acervo? Ele era um profissional, um repórter serio..... Acabaram com a vida do cara.... Esta fazendo a mesma coisa quem sabe com o Bruno.
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 17:23
Solange Maciel -Zahn Aqui em minas temos varios casos onde a justiça errou, e mais tarde foi comprovado, mas v idas ja tinham perecido. Caso naves, que virou um filme. O) caso Jose cleves , presidido por Edson M, que condenou um inocente, e sofreu 8 anos para provar sua inocencia
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 17:22
Solange Maciel -Zahn O que e justiça para vc? O verdadeiro culpado condenado, ou uma investigaçao mal feita, onde se pega um bode expiatorio? E se fosse vc , caso inocente, sendo julgada, e todos ja te condenando? Uma vez na vida, temos que nos colocar no outro lado, pensarmos se fosse eu?
 
benito
benito - 27 de Julho às 17:19
enquanto isto , a mulher sumiu os unicos que podia falar morreu, eram os cachorros.agora ja era. acho que o estado ja podem ir prepartando o cofre porque a indenização vai ser alta. pois atingiu o mundo todo.isto vai ficar caro.e nos que vamos pagar com imposto carissimos.
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 17:19
Este caso tem que ser julgado em vespasiano ou Esmeralda, jamais podereia ser em contagem, onde nao ocorreu fato nenhum.
 
Joao
Joao - 27 de Julho às 17:19
Gente!!! Sera se fosse o filho do Delegado ele iria entrevista-lo com truculência psicológica. Alguém tem que prender o delegado! Governador eu votei em você!!! Como pode convidar um incapaz para depor sem a presença da mãe, do advogado? Sr. Governador assim fica fácil pro Helio Costa.... Gente.!!! R
 
Solange
Solange - 27 de Julho às 17:14
Queiram ou não, a justiça será feita. Continue firme Dr. Edson Moreira.
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 16:59
Que vergonha Edson Moreira, cada dia se mostra mais incompetente. Como marcar um acareaçao, se nao saiu no diario oficial? Cada dia vc torra mais o dinheiro publico
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 16:55
O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) informou que a autorização da participação do menor será publicada na quarta-feira (28) no "Diário Oficial", pois a decisão do juiz saiu após as 18h de segunda-feira (26).
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 16:54
Noticia comnpleta Segundo a assessoria do TJMG, a polícia ou o próprio delegado podem convidar o advogado do adolescente e o menor a participarem da acareação, mesmo antes da publicação oficial, mas o defensor não tem obrigação de aceitar. Até o momento, a polícia não informou se isso aconteceu.
 
eduarda
eduarda - 27 de Julho às 16:50
Muito bem Dr. Eliezer! Aqui em minas parece que nao usa a constituiçao, nao segue os tramites da lei. Virou uma terra sem lei. Tudo na justiça tem que ser oficialmente comunicado. Tem uma equipe de PC, JUIZ que estao burlando a lei. Mesmo sendo leigo, sabemos que na justiça, tem tramites