SIGA O EM

Mais três cães de Bola morrem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/07/2010 13:32 / atualizado em 26/07/2010 16:32

João Henrique do Vale

Jorge Gontijo/EM/D.A.Press
 

Mais três cães do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, morreram neste fim de semana na casa do suspeito, em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os animais foram devolvidos à família de Bola na sexta-feira, depois de ficarem três semana no Centro de Controle de Zoonozes (CCZ), em Belo Horizonte.

Na semana passada, outros quatro cachorros dos ex-policial já haviam morrido depois de ficarem doentes. Dois deles apresentavam parvovirose, desnutrição, secreção nos olhos e nariz, além de diarréia. Outros dois cães foram sacrificados por terem sido diagnosticados com leishmaniose. Dos dez cães, que foram recolhidos da casa de Bola em 7 de julho, apenas três estão vivos.

Segundo o advogado Zanone de Oliveira Júnior, que defende o ex-policial, alguns dos cães que morreram estão congelados em um freezer na casa de Bola, caso haja necessidade de um confronto de resultados periciais mais tarde.

No Centro de Zoonozes, os animais passaram por perícia na qual foram colhidas amostras de pelo dos cães. Ao material foi aplicado o reagente luminol, que detecta vestígios de sangue, com o objetivo de comprovar se os cães comeram restos mortais de Eliza.