Publicidade

Estado de Minas

Quatro cães de Bola morrem no Centro de Zoonoses de BH


postado em 23/07/2010 18:54 / atualizado em 23/07/2010 19:44

Quatro cães do ex-policial Marcos Aparecido, o Bola, morreram no Centro de Zoonoses de Belo Horizonte. Dois filhote do rottwiler morreram depois de ficarem doentes. O primeiro morreu na quinta-feira e o outro nesta sexta. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de BH (SMS), os cachorros apresentavam parvovirose, desnutrição, secreção nos olhos e nariz, além de diarréia.

Em outros dois cães foi detectado o vírus da leishmaniose e a dona dos animais, a filha de Bola, autorizou a eutanásia nesses cães contaminados. Segundo a SMS, na tarde desta sexta o procedimento foi concluído e morreram os cachorro doentes.

Dos 10 animais que chegaram no Centro de Zoonoses da capital, apenas seis foram devolvidos ao centro de Vespasiano, para onde inicialmente os cães haviam sido recolhidos. Eles serão entregues à Midian Kelly dos Santos, a filha do ex-policial acusado de executar Eliza Samudio.

Os animais passaram por perícia, nessa quinta, na qual foram colhidas amostras de pelo dos cães. Ao material foi aplicado o reagente luminol, que detecta vestígios de sangue, com o objetivo de comprovar se os cães comeram restos mortais de Eliza.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade